Quanto você pagaria pelos aplicativos que mais usa?

Estudo promovido por agência americana revelou que o Google Maps está entre os que teriam maior adesão do público se fossem pagos

Foto Unsplash

Já imaginou um mundo em que os principais aplicativos fossem pagos? Quanto você estaria disposto a desembolsar?
Foi esta a pergunta que a agência de publicidade e design McGuffin Group, com sede em Chicago, nos EUA, quis responder.
Afinal, será que o público continuaria usando apps como YouTube, Facebook, Twitter e Instagram?
Para responder essa questão, a agência ouviu 2004 pessoas com idades entre 18 e 71 anos, sendo 55% mulheres e 45% homens.
Os entrevistados puderam analisar 16 dos aplicativos mais utilizados no planeta e optar entre pagar para continuar tendo acesso ou simplesmente deixar de utilizá-lo.
Os aplicativos de utilitários, como Google Maps e Google Drives foram os que teriam melhor aceitação do público para versões pagas. Tanto é que os entrevistados estariam dispostos a desembolsar US$ 3,48/ mês pelo primeiro (cerca de R$ 14,08) e US$ 3,31/ mês pelo segundo (R$ 13, 39).

aplicativos

Foto Unsplash


Já entre as redes sociais analisadas, a mais citada entre o público foi o Youtube. Assim como acontece hoje com serviços de assinatura de streaming, como Hulu, HBO Go e Netflix, os entrevistados não se importariam em pagar pelo uso do serviço até US$ 4,20/mês – o equivalente a R$ 17.
Entre as principais conclusões do estudo estão a de que as mulheres pagariam até 20% a mais que os homens para utilizar apps como Google Maps, Facebook e Pinterest.
Quando a segmentação é direcionada aos Millennials eles desembolsariam 78% a mais que os Baby Boomers pelo Instagram e 42% a mais pelo Google Maps.
Assim, segundo o estudo, Facebook, Facebook Messenger, Venmo, Instagram e Twitter são os cinco aplicativos que o público teria mais resistência em pagar pela utilização. E você, já parou para pensar?
Aplicativos


+ SOBRE O ASSUNTO

5 dicas para proteger sua saúde mental nas redes
Millennials smartphones, café, álcool e Netflix para viajar, diz pesquisa
Jovens consideram mais a família e amigos do que redes sociais, diz pesquisa
6 Segmentos que já apostam alto no uso da realidade virtual







ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS