Brasileiro cria hidrogel de gengibre que evita amputações em diabéticos

Produto chega ao mercado em 2019 e foi testado em 27 pacientes diabéticos que sofriam com úlceras nos pés indicativas para amputação

Por: - 2 meses atrás

Crédito: Divulgação

A ciência a serviço da sociedade. Nada é tão eficaz do que melhorar a vida de quem precisa com pesquisa, estudo e extensão.

Pensando nisso, o pesquisador Carlos Cleomir de Souza Pinheiro, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), desenvolveu um hidrogel à base de gengibre amargo que evita amputações das extremidades, especialmente em pacientes diagnosticados com diabetes.

O produto, que chega ao mercado ainda em 2019, foi testado em 27 pacientes diabéticos que sofriam com úlceras nos pés indicativas para amputação, segundo relatório do estudo.

Após o levantamento, Carlos apurou que o medicamento foi eficaz em 95% dos casos

De acordo com o pesquisador, a cura se dá a partir do potencial cicatrizante, anti-inflamatório, analgésico e vasodilatador que o gengibre amargo oferece.

O produto vem sendo desenvolvido e testado desde 2004 e traz a cura em menos de dois meses de uso.

Produção

Para produção do medicamento, Carlos criou a Biozer da Amazônia, empresa incubada no INPA, a fim não só de produzir o gengibre amargo como de possibilitar a chegada do hidrogel ao mercado.

O trabalho foi desenvolvido em parceria com a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a Faculdade de Medicina do ABC, a Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e a Universidade do Estado do Amazonas.

O produto já teve sua patente requerida e aguarda liberação da Anvisa.

A comercialização deve começar no final do ano e é um exemplo concreto do tipo de avanço que o investimento em pesquisa e ciência como um todo é capaz de promover.

Propriedades do gengibre

Vegetal nativo da Ásia, o gengibre é uma raiz tuberosa usada tanto na culinária quanto na medicina. A planta assume múltiplos benefícios terapêuticos, como ação bactericida, desintoxicante e ainda melhora o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório.

O gengibre também é um reconhecido alimento termogênico, que pode ser capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal.


+ NOTÍCIAS

Estudo lista doenças que podem ser detectadas com ajuda de postagens do Facebook
Cientistas desenvolvem tecnologia para identificar bactérias em meia hora
Extrato da casca da jabuticaba pode prevenir diabetes e colesterol