Tesla: Roadster já completou primeira volta ao redor do Sol

O carro fez parte da carga de teste do Falcon Heavy, o maior foguete da SpaceX até hoje. Esse é considerado como um possível meio de parceria com a NASA e a ESA para levar o homem de volta à Lua

Por: - 4 semanas atrás

tesla

Em fevereiro de 2018, a Tesla, de Elon Musk lançou ao espaço um de seus carros elétricos, o Roadster. À bordo do carro vermelho que foi levado ao espaço pelo foguete Falcon Heavy, está um manequim vestido de astronauta em posição descontraída. De acordo com a empresa, esse é um teste para aprimorar os conhecimentos necessários para uma possível ida do homem a Marte em 2030. Agora, o foguete acaba de completar sua primeira volta ao sol.

Através de um website chamado “Where Is Roadster?” é possível ver a posição exata em tempo real do carro que vaga pelo sistema solar.

Atualmente, o Roadster está a exatos 298 milhões de quilômetros da Terra. A velocidade? 1.850 km/h. O carro demorou 557 dias para completar a volta completa em torno do Sol. Em nossa última checagem no rastreador, é possível ver o veículo em uma diagonal entre Marte e Vênus.

O carro fez parte da carga de teste do Falcon Heavy, o maior foguete da SpaceX até hoje. Ele é considerado como um possível meio de parceria com a NASA e a ESA para levar o homem de volta à Lua.

Agora, o objetivo do empresário é o de levar pessoas até Marte. Será que isso é possível mesmo? As limitações que já foram analisadas pela NASA deram um balde de água fria em todos que sonhavam em conhecer o planeta vermelho. A atmosfera hostil é o principal problema.

Em novembro de 2020, o Roadster passará de 50 milhões de quilômetros de distância da Terra. A partir dessa data será impossível saber a localização exata do veículo.

Atualmente há uma concorrência em aberto que também inclui a Blue Origin, ULA e Northrop Grumman. A disputa é para ser a escolhida da NASA, que fornecerá os recursos para cerca de 25 missões que ocorrerão entre 2022 e 2026. As concorrentes da SpaceX, mesmo com recursos advindos da Força Aérea Americana, não conseguiram ultrapassar os avanços da empresa. No dia 12 de agosto, encerrou-se o prazo para a entrega dos projetos à NASA.

Turismo em Marte

Um novidade a qual a SpaceX tem trabalhado, e que já não é mais segredo, é a Starship. A nave, provavelmente, será capaz de levar cerca de 100 passageiros para Marte. Ela também será a responsável por carregar uma enorme quantidade de carga para começar o plano de habitação do planeta. Segundo a SpaceX, o objetivo é montar um acampamento fixo no nosso amigo vermelho.

Elon Musk já andou afirmando por aí que até 2028 poderemos partir para Marte em uma missão que promete ser histórica. A nave é diferente de tudo o que já vimos. Ao contrário de um foguete comum, ela teria, em tese, a capacidade de pousar por inteiro em Marte e voltar de lá da mesma maneira.

Mas antes de tudo, a empresa carregará algumas cargas necessárias para o planeta, antes de levar qualquer humano para lá. A NASA já acenou positividade em relação à nave e parece que pretende usá-la. Será que seremos os supostos primeiros habitantes de Marte? Resta acompanhar o desenrolar desta história toda. Por enquanto, só o Roadster parece poder chegar lá.


+ NOTÍCIAS

O plano de Elon Musk para criar uma rede global de internet via satélite
Isso é muito Black Mirror: Elon Musk anuncia “chip cerebral”