Doritos lança campanha sem logotipo

Na nova empreitada, a Doritos se posiciona como um canal sem marca nas redes sociais e, chega a perguntar para os seguidores se alguém a reconhece apenas pelo triângulo icônico

Com o objetivo de atingir a galerinha da geração Z que aparenta não gostar de anúncios e excesso de logotipia, a marca do grupo PepsiCo lançou uma campanha sem rótulos, com a pegada de uma estética moderninha, integração com redes sociais e até mudança do domínio. A marca ainda surpreende ao vestir uma roupagem extremamente inusual para as gerações anteriores.
Tudo começou com uma mudança drástica: o site da Doritos agora se encontra em um novo domínio “LogoGoesHere.com” e toda a campanha segue com essa titulação “O Logo Vai Aqui”. O que parece ser um movimento pretensioso conversa com as campanhas sazonais da marca que, já fez um festival musical surpresa e um single da Rihanna pra lançar a edição All Nighter em 2011.

Os clipes da canção “Who’s That Chick?” contavam com duas versões: diurna e noturna



A marca também já investiu em jogos online. Neste caso, era preciso comprar um pacote dos snacks e escanear um QR Code para adentrar o jogo. A comunicação sempre foi voltada para o público jovem e com schedules que mais se assemelham a eventos mundiais. Hotel 626, a época, foi um sucesso.

Captura de tela do jogo Hotel 626 da Doritos


No Brasil, a Pepsico investe na narrativa da diversidade todo ano. Para se ter ideia, durante o mês do orgulho LGBT, colocou no mercado o “Doritos Rainbow”, uma versão especial colorida com salgados sortidos de diversos sabores para conversar com a época mais colorida do ano.
Na nova empreitada, a Doritos se posiciona como um canal sem marca nas redes sociais e chega a perguntar para os seguidores se alguém a reconhece apenas pelo triângulo icônico, em uma enquete que viralizou no Twitter.


Ainda de olho na Geração Z, a marca introduziu filtros de realidade virtual no Snapchat. Este, no caso, transforma o rosto dos usuários no triângulo icônico das tortillas. Segundo a marca, o foco é nos jovens que preferem pagar para não ver propagandas. Os mesmos que assistem Netflix, pagam por seus jogos e pulam propagandas do YouTube.

O anúncio televisivo teve sua estreia feita durante o MTV Video Music Awards de 2019. O vídeo chamado de “Anti-Ad :60” é um posicionamento forte e arriscado mas que, para uma das marcas mais conhecidas e consumidas nos Estados Unidos, parece fazer sentido e tem feito sucesso. Será que veremos outras marcas aderirem a “logofobia”?

+ NOTÍCIAS

Netflix disponibiliza fliperamas inspirados em Stranger Things na Avenida Paulista
Stranger Things: Netflix e Bombril em parceria inusitada
Fortnite: entenda a obsessão da Geração Z
De Diabo Veste Prada a La Casa de Papel: como a geração Z enxerga o líder ideal






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS
ANUÁRIO Brasileiro de Relacionamento com Clientes

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS