Qual foi a atitude do Burger King durante o McDia Feliz na Argentina?

Confira como concorrentes podem se unir em prol de uma causa positiva

Por: - 2 meses atrás

Burger King

Todos já conhecem o McDia Feliz. O dia especial em que o McDonald’s doa todo o lucro advindo das compras de seus famosos Big Macs para institutos que cuidam de crianças com câncer infantil. Agora, em uma campanha especial, o Burger King da Argentina pediu a seus consumidores que deixassem de comer o Whopper durante um dia inteiro e, ainda mais, que se dirigissem ao McDonald’s para comprar um Big Mac.

A campanha do BK foi nomeada de “Un Día Sin Whopper” e conta com um vídeo promocional e peças gráficas que fomentam a união entre as duas marcas que travam uma batalha histórica de concorrência. Apesar de soar insano, a campanha pensada pela Agência David teve um alcance orgânico estimado em 206 milhões de pessoas.

Assista ao vídeo da campanha:

Burger King e McDonald’s: uma história de amor e ódio

Essa não é a primeira vez que as marcas dão uma trégua na concorrência. Recentemente, a Isobar lançou a primeira campanha programática em mídia impressa e trazia McDonald’s, Burger King e Subway no mesmo anúncio. Através de um QR Code, o anúncio direcionava o espectador para o restaurante mais próximo de acordo com a localização com a qual ele se encontrava.

O McDia Feliz tem se mostrado uma ação de sucesso ao longo do tempo. Segundo comunicado oficial da empresa, em 30 anos já foi possível arrecadar mais de 280 milhões de reais para as instituições que fazem parte da campanha. Todas as ações relacionadas a este trabalho funcionam pelo Instituto Ronald McDonald, que leva o nome do personagem/mascote da marca.

Os projetos desenvolvidos pela instituição focam na melhoria da infraestrutura ao atendimento e adesão ao tratamento de crianças e adolescentes e seus familiares, além do diagnóstico precoce e suporte psicossocial.


+ NOTÍCIAS

McDonald’s disponibiliza pagamento por QR code
Subway lança sanduíche com almôndega vegetal
Asinhas fritas e nuggets vegetal? KFC garante que sim!
Fast food brasileiro robotizado promete ser o mais rápido do mundo