AppleTV+ pode ultrapassar Netflix em apenas um ano

Em terras brasileiras também temos o levante de serviços nacionais de grande relevância como o Globoplay

Já sabemos que em novembro, a AppleTV+, o serviço de streaming de vídeo da Apple, chegará ao consumidor final. O preço anunciado é o de R$ 9,90. Como já noticiamos por aqui, o serviço trará grandes novidades, como por exemplo, um programa original com Oprah Winfrey no comando e grandes produções com protagonistas de peso que vieram do cinema e grandes emissoras de televisão.
Agora a estimativa é a de que o serviço ultrapassará a gigante do setor, Netflix, em apenas um ano. Tudo porque todos os dispositivos Apple que forem comprados virão com um período grátis de um ano do AppleTV+. A previsão é de que nos próximos 12 meses, a Apple venda mais de 130 milhões de dispositivos, com exceção da China. Número gigantesco que a colocaria à frente da Netflix em um cenário competitivo.
O valor é outro ponto que atrairá assinantes. Ao contrário do esperado, a Apple trouxe um preço acessível na assinatura – assim como o Apple Music, em seu lançamento, que se equiparou em preço ao Spotify.
Além de tudo isso, a indústria conta com a chegada de outros grandes serviços nos próximos meses, como o Disney+ que, por sua vez, promete abalar as estruturas do mercado de streaming.

Qual o cenário para AppleTV+ e Netflix?

No Brasil, a Netflix começa a enfrentar a expansão do Amazon Prime Video que, agora, virá incluso na assinatura Amazon Prime da Amazon.com. Esse passo da gigante varejista promete crescer o número de assinantes do serviço de vídeo.
Em terras brasileiras também tem crescido os serviços nacionais de grande relevância, como o Globoplay. O grupo de comunicação nacional vem investindo grandes esforços em sua plataforma, sendo o primeiro a disponibilizar transmissão ao vivo junto ao streaming de conteúdos originais.

A Warner também promete chegar para o jogo com o HBO Max, serviço que trará todo o conteúdo já disponível em streaming no HBO GO e HBO NOW e séries clássicas que ainda não estão disponíveis, além de todo o conteúdo dos canais CW e derivados. O preço promete ser o mesmo de uma assinatura comum dos serviços já existentes da HBO.


+ NOTÍCIAS

Apple TV+ e sua entrada de peso na guerra do streaming
Amazon Prime chega ao Brasil: uma ameaça para Spotify e Netflix?

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS