Autonomia financeira é o fator que mais influencia a autoestima da brasileira, diz estudo

Segundo a pesquisa What Women Want feita pela Kantar, a autonomia financeira e corporal são os aspectos mais importantes da autoestima da mulher brasileira

Por: - 1 mês atrás

Crédito: Unsplash

Empoderamento feminino e igualdade de gênero são pautas no cotidiano da sociedade e dentro das próprias organizações. Um estudo da Kantar revela aspectos importantes para construção da autoestima da mulher brasileira. De acordo com a pesquisa, autonomia financeira e corporal são pontos relevantes na criação da confiança da brasileira, com 24% e 23% das respostas das entrevistadas, respectivamente.

As duas são seguidas pela liberdade de pensamento e expressão (22%), representatividade (16%) e conexões sociais (15%). O relatório também comparou o nível da autoestima das mulheres em relação aos homens, mostrando uma diferença considerável.

Quase 20% das mulheres se sentem com baixa autoestima, enquanto apenas 10% dos homens declaram o mesmo; 36% do público masculino diz ter autoestima acima da média, contra só 28% do feminino.

O estudo apresenta o conceito de autoestima em cinco dimensões:

Autonomia financeira: ter acesso ao seu próprio dinheiro e controlar como ele é gasto;

Liberdade de pensamento e expressão: poder se expressar sem as limitações das pressões sociais e as expectativas sobre a feminilidade;

Autonomia sexual e corporal: a possibilidade de se sentirem confortáveis em seus próprios corpos e capazes de fazer escolhas propositivas para si mesmas sem vergonha ou julgamentos;

Representatividade: enxergar as mulheres de todas as formas, tamanhos, origens étnicas, papéis sociais e profissões tenham voz;

Conexões sociais: terem espaços em público para expressar suas opiniões e sentimentos sem se sentirem sozinhas.

Metodologia

A pesquisa foi feita com uma amostra representativa, de acordo com a Kantar, de homens e mulheres.  Além das entrevistas com brasileiros, o estudo conta com dados de pesquisa semelhante realizada no Reino Unido.