Tinder terá espaço para matchs “da vida real” durante Rock in Rio

Com a presença de DJ´s em todos os dias do evento, o espaço é ideal para quem quer interagir, se divertir e encontrar um possível match no Rock in Rio

Por: - 1 mês atrás

Crédito: Shutterstock

O Tinder, aplicativo de relacionamento, vai ter um espaço para matchs e encontros da vida real durante o Rock in Rio. O festival, que acontece entre os dias 27 de setembro e 06 de outubro, vai ganhar um local dedicado ao aplicativo, parceiro do festival de música e entretenimento na capital carioca.

Com um ambiente cool e descolado, o local foi feito para os solteiros, com ativações espalhadas por 30 metros quadrados em uma varanda para acesso do público geral. O espaço terá também um grafite digital e interativo. Nele, as pessoas poderão tirar fotos e fazer intervenções artísticas para personalizar cada foto com uma lata de spray infravermelho.

O local ainda vai contar com piscina de bolinhas, painel de LED, acessórios como skate e prancha de surfe para você tirar fotos, além de um balanço iluminado.

O aplicativo também preparou uma ação especial, o Tinder Festival Mode On. Todos os dias, o espaço receberá DJ’s com estilos variados.

Popularidade

O Tinder foi o aplicativo mais lucrativo no primeiro semestre de 2019. O ranking, feito pelo “Senso Tower”, traz o app de paquera como o de maior sucesso deste começo de ano. Pela primeira vez, superou o Netflix como o aplicativo de maior rentabilidade da Apple Store.

E o Tinder se tornou o mais lucrativo não somente para as lojas da Apple. Segundo a pesquisa, a plataforma também foi a que gerou mais rentabilidade na versão Android.

Em dados reais, os usuários chegaram a gastar US$ 12,4 bilhões na Apple Store, quase o dobro dos US$ 7,1 bilhões arrecadados no concorrente Google Play. Enquanto isso, a receita do Tinder subiu cerca de 42%, alcançando a marca de US$ 260,7 milhões, acima dos US$ 183 milhões registrados no primeiro trimestre de 2018.

Já o aplicativo de vídeos TikTok, se  manteve na terceira posição. O número de novos usuários do app chinês tem crescido 70% por ano. O crescimento foi impulsionado pela popularização na Índia, onde 88,6 milhões de novos usuários aderiram ao aplicativo, em comparação com 13,2 milhões nos Estados Unidos.

LEIA MAIS

Rússia ordena que Tinder compartilhe dados dos usuários com o governo