Pesquisadores criam máquina que faz suco e copos com casca da laranja

Dispositivo desenvolvido por italianos consegue transformar a casca da laranja, que seria descartada, em novos produtos. Saiba mais

Por: - 1 mês atrás

casca da laranja Crédito: Divulgação

Já pensou em investir em zero desperdício? Pesquisadores italianos desenvolveram uma máquina que faz suco de laranja e imprime copos com a casca da fruta. O país, que produz cerca de dois milhões de toneladas de laranja por ano, é considerado como um dos maiores produtores da fruta.

Batizada de “Feel the Peel“, a máquina mede 3 metros de altura e comporta até 1.500 laranjas por vez.  Além disso, ela separa duas metades da laranja, espreme o suco e conduz as cascas por um tubo, que vão se acumulando em um compartimento.

Em seguida, os resíduos são secos, moídos e misturados com ácido polilático (PLA), dando origem a um material bioplástico. O último é aquecido, derretido e se transforma em filamento para impressão dos copos.

O idealizador do projeto, Carlo Ratti, explica o princípio da economia circular.


“Tentamos mostrar a circularidade de maneira muito tangível, desenvolvendo uma máquina que nos ajuda a entender como as laranjas podem ser usadas para muito além do suco. As próximas interações podem incluir novas funções, como impressão de tecido para roupas usando cascas de laranja”


O modelo econômico ‘extrair, transformar, descartar’ da atualidade está atingindo seus limites físicos. A economia circular é uma alternativa atraente que busca redefinir a noção de crescimento, com foco em benefícios para toda a sociedade. Isto envolve dissociar a atividade econômica do consumo de recursos finitos, e eliminar resíduos do sistema por princípio.

Apoiada por uma transição para fontes de energia renovável, o modelo circular constrói capital econômico, natural e social. Em uma economia circular, a atividade econômica contribui para a saúde geral do sistema. O conceito reconhece a importância de que a economia funcione em qualquer escala – para grandes e pequenos negócios, para organizações e indivíduos, globalmente e localmente.

LEIA MAIS:

Moda circular: responsabilidade das empresas e o comportamento do consumidor

Sustentabilidade e o consumidor do futuro

Princípios da economia circular
Confira mais no vídeo