Instagram restringe publicações de perda de peso e cirurgia plástica para menores de idade

A mudança na rede social acontece após crescerem as preocupações com o impacto que a promoção de produtos dietéticos pode causar nos jovens

Por: - 2 meses atrás

Instagram Foto Unsplash

O Instagram anunciou que restringirá postagens que promovam produtos selecionados para perda de peso e procedimentos de cirurgia estética aos usuários com menos de 18 anos.  A mudança na rede social acontece após crescerem as preocupações com o impacto que a promoção de produtos dietéticos pode causar nos jovens.

De acordo com a  BBC, as postagens não precisam estar veiculada na conta do produto para serem proibidas. Qualquer influenciador que, por exemplo, publicar algo sobre perda de peso que possa incentivar diretamente seus seguidores a comprá-lo, não terá o post exibido para menores de 18 anos.

“Os usuários poderão denunciar postagens que acham que violam a política, e o Instagram as analisará para decidir se precisam ser restringidas ou retiradas”, afirmou a BBC.

VOCÊ VIU? Instagram: como os influenciadores veem o “fim dos likes”

Segundo a publicação,  as imagens podem dar aos jovens expectativas irreais sobre como deveria ser o corpo e induzi-los a pensar que deveriam usar produtos que não fazem bem para a saúde.

A rede social removerá completamente as postagens se “fizer uma afirmação milagrosa sobre certos produtos de dieta ou perda de peso e estiver vinculada a uma oferta comercial, como um código de desconto”. Ainda de acordo com as informações as mudanças também se aplicarão ao Facebook, dono do Instagram.

O que levou a mudança?

hacker

De acordo com uma investigação da BBC, em março, crianças e adolescentes estavam trocando imagens de perda de peso e conselhos sobre como tornar suas doenças mais extremas por meio da plataforma. O assunto repercutiu após  Molly Russell, de 14 anos, tirar a própria vida depois de ver imagens sobre depressão e suicídio na rede social.

Em fevereiro deste ano, o diretor médico do Serviço Nacional de Saúde da Inglaterra, Stephen Powis,  há havia feito o pedido de proibição de anúncios de mídias sociais patrocinados por celebridades que promovessem auxílios à perda de peso.

“Queremos que o Instagram seja um lugar positivo para todos que o usam, e essa política faz parte do nosso trabalho contínuo para reduzir a pressão que as pessoas às vezes sentem como resultado das mídias sociais “, disse Emma Collins, gerente de políticas públicas do Instagram, ao anunciar as mudanças.


LEIA MAIS

Pesquisa mostra que cervejas não fazem boa comunicação com as mulheres

Tinder conclui filmagens de sua primeira série

Facebook lança serviço de streaming com realidade aumentada