Empresas se unem para facilitar a adequação do mercado à LGPD

A parceria entre a A5 Solutions e Doxa Advisers tem como objetivo oferecer uma solução completa, com definição e execução da política de melhores práticas exigidas pela lei

O mercado está cada vez mais consciente da necessidade de se adequar as exigências da Lei Geral de Proteção de Dados, que entra em vigor em 2020. Diversas ideias, processos e estratégias estão surgindo a partir disso. Um exemplo é uma parceria da A5 Solutions (integradora de soluções de tecnologia que atua no segmento de comunicações unificadas, contact centers e redes convergentes) com a Doxa Advisers (consultoria especializada em governança, compliance e risco).
Juntas, as empresas oferecerão soluções completas para o mercado, focadas em desenvolvimento, gerenciamento e execução de projetos que ajudem organizações a alcançarem os requisitos de conformidade estabelecidos pela LGPD de uma forma mais rápida e econômica.
O diretor da área Legal & Compliance da A5 Solutions, Flavio Nogueira Fernandes, afirma que a empresa já consolidou uma atuação de protagonismo ao fornecer ferramentas que subsidiam a elaboração das políticas e diretrizes de adequação à lei. Porém, ele destaca que a parceria com a Doxa permitirá à companhia oferecer não só a tecnologia, mas também uma solução completa que permeia toda a jornada das organizações.
Ou seja, o resultado não será apenas uma adequação aos preceitos estabelecidos na LGPD, mas principalmente o desenvolvimento de uma política de melhores práticas que garanta a sustentabilidade do negócio à medida que se aprofundam as mudanças promovidas pela transformação digital.


+ LGPD

Como é possível unir o uso de dados e o respeito à privacidade?

Privacy by design e outros bichos: os desafios da proteção de dados


“O acordo permitirá à A5 alcançar uma abrangência maior em relação ao seu tradicional mercado de atuação”, afirma. “Levaremos nossas ferramentas tecnológicas com o know how da Doxa e a habilidade necessária para o enquadramento jurídico oferecida por escritórios de advocacia parceiros para companhias de todos os segmentos”.
Nesse sentido, Enio Klein, CEO da Doxa Advisers, explica que a jornada rumo à conformidade com a LGPD é um processo complexo que depende de uma multidisciplinaridade de agentes envolvidos para obter êxito. “Quanto mais especialistas em diversas áreas estiverem envolvidos maiores serão as chances de sucesso”, argumenta. Por isso, o projeto precisa ser desenvolvido em fases distintas, partindo do entendimento do estágio atual da empresa, passando pelo planejamento, criação de regras, monitoramento e gestão.
Ele defende ainda que é preciso entender a jornada da conformidade não apenas como mais uma obrigação, mas como um plano de continuidade ou viabilidade de negócios. Neste sentido, o executivo alerta para a necessidade de desenvolver políticas de segurança baseadas nas melhores práticas e contar com tecnologia moderna que suporte uma gestão precisa da aplicação destes conceitos.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Quanto custa abrir uma franquia de varejo no Brasil?

Home office é tendência de trabalho para 2020: veja 5 dicas

“Parasita”: Pessoas, baratas, parasitas e a diluição da identidade

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

Quais são as tendências para 2020. Veja a lista

VEJA MAIS