Instagram libera função de restrição de comentários para combate ao bullying

Com o intuito de oferecer um ambiente mais saudável para os seus usuários, Instragram oferece novo recurso para silenciar comentários em combate ao bullying

Por: - 3 semanas atrás

Instagram

O recurso que silencia interações de contas indesejadas no Instagram ganhou o nome de Restringir e começou a ser desenvolvido pela plataforma em julho deste ano. Segundo a empresa, o objetivo é combater o bullying, especialmente entre usuários mais jovens. Isso porque a plataforma identificou que muitos se recusam a denunciar ou bloquear colegas que praticam bullying.

Segundo Adam Mosseri, CEO do Instragram, em entrevista à rede NBC, esse tipo de recurso facilita o uso da ferramenta.

“Começamos a perguntar: ‘Por que vocês não estão usando as ferramentas disponíveis hoje? Por que não bloquear alguém que está intimidando você?’ E ouvimos de maneira muito consistente, particularmente de adolescentes, que isso muitas vezes pode escalar a situação”, comenta.

Com a solução apresentada pela rede social, os donos de contas restritas ainda poderão interagir em suas fotos. Os comentários, no entanto, ficarão disponíveis somente para eles e só se tornarão públicos caso você os aprove.

Como fazer?

Depois de ativar o recurso Restringir, os comentários que uma pessoa restringida fizer nas publicações serão visíveis apenas para ela.

Você pode escolher visualizar o comentário tocando em “Ver comentário”, aprová-lo para que todos vejam, apagá-lo ou ignorá-lo. Você não receberá notificações de comentários feitos por uma conta restrita.

Instagram

Crédito: Divulgação/Instagram

As mensagens diretas irão automaticamente para a solicitação de mensagem, e você também não receberá notificações. Além disso, será ainda possível ver as mensagens, mas a conta restrita não poderá ver quando você leu as mensagens diretas ou quando está online no Instagram. Você pode optar por “Remover a restrição” da conta, assim as próximas mensagens irão diretamente para a sua caixa de entrada.

Likes

Em abril deste ano, o Instagram decidiu que as curtidas deixariam de ser vistas nas publicações. O teste, feito no primeiro semestre no Canadá, foi implementado para todos os usuários.  A mudança aconteceu depois que especialistas levantaram uma discussão sobre o quanto a rede social estaria afetando a autoimagem de jovens usuários. As críticas tinham como ponto focal as curtidas e como elas serviam para fazer do Instagram uma competição.


LEIA MAIS

Instagram: como os influenciadores veem o “fim dos likes”

Facebook também testa retirada dos likes