Threads: testamos o Messenger do Instagram

Testamos o novo aplicativo do Instagram! Confira as principais funcionalidades

Por: - 2 semanas atrás

threads

O Instagram anunciou sua nova plataforma externa, o Threads. Após o fracasso recente do Direct – antiga tentativa do mesmo segmento – a rede social planeja que o app seja uma experiência personalizada aos seus usuários. Através do aplicativo será possível enviar mensagens a todos os seguidores marcados como “melhores amigos” na listinha verde que fica dentro do aplicativo.

Essa lista surgiu no Instagram como uma alternativa para compartilhamento de conteúdo exclusivo de stories para pessoas específicas. Na hora de postar, o usuário encontra a opção e exibe seu vídeo ou foto para um grupo limitado e escolhido à dedo. Em termos de interface, o Threads não se difere muito do Messenger – o mensageiro instantâneo oficial do Facebook e sucesso de downloads nas lojas de aplicativos.

Ao abrir o aplicativo você dará de cara com a câmera e nas telas seguintes terá algumas opções interessantes: status pré definidos (imagem abaixo), mensagens e uma dinâmica parecida com a do Snapchat. Mas diferente do app mãe, aqui não é possível colocar filtros ou stickers nas fotos.

Há uma polêmica de privacidade cerceando a seção de status. Isso porque o aplicativo pode compartilhar informações de geolocalização em tempo real automaticamente. Um fato um tanto curioso desde que o Facebook passou a sofrer sanções na justiça de vários países devido ao uso indevido de dados dos usuários.

Um panorama

A medida parece um tanto inusitada, já que os planos iniciais da empresa de Mark Zuckerberg era de lançar um aplicativo de mensagens que integrasse todos os contatos de todas as redes sociais da empresa. O que inclui Instagram e Whatsapp. Mas a companhia parece ter desistido da ideia após as polêmicas de privacidade e ao fato do WhatsApp ainda ser considerado, mais seguro, devido à sua criptografia de ponta a ponta. Uma exportação das mensagens poderia corromper esse processo?

Até agora o Facebook não encontrou mensageiros concorrentes à altura aqui no ocidente. No entanto, na Ásia, o Whatsapp e Messenger são minoria: WeChat e Kakaotalk dominam o mercado por lá.

O TikTok é um aplicativo parecido com a proposta do Threads: uma rede social de vídeos e fotos instantâneas que rodam em forma aleatória e exibem o conteúdo de diversos usuários através do mundo. O aplicativo parece ser o queridinho das crianças e já chegou a atingir o topo das lojas de aplicativos em diversos lugares do planeta.

Resta saber se o Facebook abrirá algum tipo de brecha para os concorrentes do lado de lá ou se continuará desenvolvendo soluções com aplicativos complementares. Até agora o Instagram possui diversas extensões: Layout, Boomerang, IGTV e, agora, o Threads.

Testamos o Threads

Ao baixar o aplicativo, caso você já tenha uma conta do Instagram, ele já lhe redireciona para fazer login com a sua conta cadastrada naquele dispositivo. A plataforma inicializa o cadastro de informações com um guia simples e escolhas práticas: lista de amigos, cor da interface, status e termos de privacidade.

No app é possível escolher até oito amigos que aparecerão na câmera para o envio direto de fotos. Após fazer a curadoria da lista, conhecemos a sessão de status – que lembram infinitamente a sessão inicial do orkut, onde era possível colocar uma frase com um “emoticon”.

O aplicativo é relativamente simples e a caixa de mensagens é a mesma da sessão de mensagens do Instagram. Quem não tem o Threads, inclusive, recebe as mensagens no app nativo.

Por lá também é possível fazer vídeo chamadas. A funcionalidade, no entanto, parece só funcionar caso o outro usuário também tenha o app instalado. Não é possível atender no Instagram.

No quesito privacidade, como citamos acima, esse é o maior defeito: o aplicativo pede autorização de acesso ao GPS do celular, mas não diz de certa forma o que fará com o dado.

Na última opção do menu disponibilizado no aplicativo, ao acessar ‘privacidade’, é possível desativar o compartilhamento da sua localização em tempo real. Segundo o Instagram, isso permite com que o status mude automaticamente de acordo com o local em que estiver e o machine learning do API, pode então, entender com base no seu trajeto qual o melhor status a ser compartilhado.

Nossa avaliação

O aplicativo com certeza não é necessário. Pode ser interessante para quem quer ter o contato do Instagram apenas com um grupo seleto de pessoas e não deseja ver as atualizações de feed e stories de todos os amigos da mídia social. De qualquer forma, não é uma experiência inovadora.

A falha principal se encontra na falta de integração: os usuários estão dispostos a baixar outro aplicativo que entrega as mesmas funcionalidades da seção de mensagens do Instagram? Qual a intenção do Facebook com o Threads?

Até então, achamos que o aplicativo não entrega nada além de uma réplica do que o Instagram já oferece com uma função já possível no aplicativo: selecionar os amigos aos quais você quer compartilhar certos momentos. Por aqui vamos acompanhar a evolução do app! E você? Gostou da novidade?

 


Instagram libera função de restrição de comentários para combate ao bullying

Como um perfil fictício no Instagram pode ajudar as marcas

Indiano detecta falha no Instagram que facilita invasão hacker