Apple e Google lideram Top 10 de marcas mais valiosas do mundo

Disney retorna para as 10 primeiras posições e Facebook sai. Confira o desempenho e o valor de mercado das principais marcas em 2019

Crédito: Unsplash

As empresas tecnológicas continuam a liderar o ranking das marcas mais valiosas do mundo feito pela Interbrand. O levantamento leva em conta habilidades, como a de influenciar na compra do consumidor, e de criar lealdade do cliente, bem como valor da empresa e desempenho financeiro.
Apple, Google, Amazon e Microsoft lideram as quatro primeiras posições, respectivamente, e pelo segundo ano consecutivo, todas tiveram variação positiva de valor de mercado. O quinto lugar é ocupado pela Coca-Cola, que na contramão das tecnológicas, perdeu 4% do seu valor.
Nas novidades do Top 10 está a saída do Facebook que já vinha em decréscimo, mas que ainda ocupava o 9º lugar ano passado. A empresa desceu para a 14ª posição e perdeu 12% do seu montante.
Daniel Binns, CEO da Interbrand, disse para a CNBC que um dos principais motivos da saída da empresa de Mark Zuckerberg se deve aos diversos escândalos de quebra de privacidade que minaram a confiança do público na rede social.
Um acréscimo de 11% no valor agregado da  Disney fez a marca entrar no ranking das 10 mais e ocupar a ausência do Facebook.
Entre os acontecimentos inusitados da 20ª edição do ranking das Marcas Globais mais Valiosas está a entrada do Uber e do LinkedIn pela primeira na lista dos 100 nomes mais poderosos.
Em questão de desempenho, o destaque é da Mastercard que saltou da 70ª para 62ª posição, sendo a marca que mais cresceu de um ano para o outro. Hoje a empresa acumula um valor de US$ de 9.430 bilhões. Na ponta oposta está a GE. Em 2018 a empresa já tinha perdido 26 pontos percentuais e perdeu mais 22 esse ano, caindo do 16º para o 19º lugar na lista.
O portfólio das 100 marcas mais valiosas de 2019 vale US$ 2.130.929 trilhões, o que representa 5,7% a mais que o valor do ano passado de US$ 2.015.312 trilhões.


Confira o desempenho e o valor de mercado as 20 primeiras colocadas do ranking:

1) Apple (US$ 234.24 bilhões) ?9%

2) Google  (US$ 167.71 bilhões) ?8%

3) Amazon (US$ 125.26 bilhões) ?24%

4) Microsoft (US$ 108.84 bilhões) ?17%

5) Coca-Cola (US$ 63.36 bilhões) ?-4%

6) Samsung (US$ 61.09 bilhões) ?2%

7) Toyota (US$ 56.24 bilhões) ?5%

8) Mercedes-Benz (US$ 50.83 bilhões) ?5%

9) McDonald’s (US$ 45.36 bilhões) ?4%

10) Disney (US$ 44.35 bilhões) ?11%

11) BMW (US$ 41.44 bilhões) ?1%

12) IBM (US$ 40.38 bilhões) ?-6%

13) Intel (US$ 40.19 bilhões) ?-7%

14) Facebook (US$ 39.85 bilhões) ?-12%

15) Cisco Business (US$ 35.55 bilhões) ?3%

16) Nike (US$ 32.37 bilhões) ?7%

17) Louis Vuitton (US$ 32.22 bilhões) ?14

18) Oracle (US$ 26.28 bilhões) ?1%

19) GE (US$ 25.56 bilhões) ?-22%

20) SAP (US$ 25.09 bilhões) ?1%


+ VALOR DE MERCADO

Apple atinge US$ 1 trilhão em valor de mercado

Em crise de reputação, Facebook perde US$ 120 bi em valor de mercado

O valor da análise de mercado sob a ótica do consumidor e do cliente


Segue a CONSUMIDOR MODERNO no Instagram?

 

Ver essa foto no Instagram

 

Quais são as marcas mais valiosas do mundo? ? Confira a atualização deste ano pela @interbrand! É só arrastar pro lado pra ver o top 5! Quer saber quem são as outras? Opção 1: Link em nossa bio Opção 2: vá até nossos stories e arraste para cima #marcas #publicidade #branding #marketing #brands #valor #economia #dinheiro #financas #consumo #apple #amazon #microsoft #google #consumidormoderno

Uma publicação compartilhada por Consumidor Moderno (@consumidormoderno) em


MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS