Seus podcasts personalizados: novo algoritmo do Spotify

Novo algoritmo oferecerá sugestões de podcasts com base no comportamento de escuta do usuário; confira como funciona

O Spotify acaba de lançar ao redor do mundo um algoritmo que será capaz de personalizar uma playlist com uma lista de recomendações de podcasts que cada usuário deveria ouvir. A novidade pioneira no segmento, é claro, está baseada nos hábitos de consumo dentro da plataforma.
Segundo a empresa, essa é uma nova maneira de descobrir novos programas de maneira fácil e fluída. A mudança vem após, recentemente, a plataforma ter sido a primeira a tornar possível uma playlist de podcasts que pode ser um mix do formato com músicas ao meio da lista.

Como funciona o algoritmo para podcasts

  • Os algoritmos do Spotify analisam o comportamento de consumo de podcasts do usuário, como por exemplo, os programas que segue ou que ouviu recentemente;
  • Em seguida, com base nesse histórico e no tipo de podcasts que o usuário ouve, recomenda os próximos melhores shows e programas;
  • Este pode ser o episódio seguinte de um podcast que o usuário já esteja ouvindo, um episódio recente independente de outro programa ou até mesmo uma nova oportunidade de se informar em mais um podcast diário;
  • Se o usuário nunca ouviu um programa baseado em histórias que ele pudesse gostar, ele primeiro tem acesso ao trailer ou ao episódio piloto – para ver se chama atenção.

Em depoimento à mídia, uma porta-voz global disse que o Spotify “focará em comportamento de escuta e histórico mais do que em qualquer outra coisa, com o objetivo de expandir-se ainda mais com as recomendações”.
Os seguintes países poderão desfrutar da novidade: EUA, Reino Unido, Alemanha, Suécia, México, Brasil, Canadá, Austrália e Nova Zelândia.
Ainda não é possível compartilhar as playlists randômicas criadas pelos algoritmos do aplicativo com base no consumo do usuário. Porém, playlists curadas e criadas por assinantes podem ser enviadas via link no WhatsApp, Stories e outros.
Em recente entrevista exclusiva , Javier Piñol, Head of Studios LatAm do Spotify, afirmou que o Brasil é um foco mercadológico.
“Temos mais de 200 milhões de pessoas no Brasil, apenas por isso vocês consomem mais. A usabilidade no Brasil têm sido muito receptiva com os podcasts. Foi muito natural. Agora, em qualquer pesquisa aparecemos como os líderes do mercado de áudio no país. E queremos um approach próximo e muito impessoal. O Brasil facilita isso culturalmente. É impressionante como estamos crescendo rápido por aqui. Há dois anos o Spotify nem sabia que tinha uma plataforma para podcasts.”


VEJA MAIS

Era de ouro dos Podcasts: 5 programas imperdíveis para entrar nessa onda

Podcasters: conheça a nova plataforma do Spotify


MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS