CFO do Carrefour fala sobre nova conta digital que será lançada em 2020

O objetivo da plataforma será atender os 70% de clientes que hoje não conseguem ter seu pedido de cartão Carrefour aprovado

Shutterstock

A empreitada do Carrefour de entrar no ramos das contas digitais começou oficialmente em outubro com a aquisição de 49% da startup brasileira de serviços financeiros Ewally.
A fintech já atuava no mercado oferecendo um cartão pré-pago e uma conta digital aos clientes onde, através de um aplicativo, é possível depositar e transferir dinheiro, pagar contas, fazer recargas de celular e realizar saques em redes 24 horas.
Todos os serviços da conta, com exceção das operações que envolvem terceiros, são gratuitos e podem ser utilizados, inclusive, por pessoas que têm nome restrito no SPC ou Serasa.
Segundo o Carrefour, todos os anos 12 milhões de brasileiros fazem pedidos de cartões de crédito, mas apenas 7 milhões são aprovados imediatamente.
“Hoje a nossa aprovação de cartões de crédito gira em torno de 30%, um valor muito maior que nos bancos, que varia entre 13 e 15%. Mesmo assim, esse número significa recusar 70% dos pedidos e isso não nos deixa felizes.”, explica Sébastien Durchon, CFO do Carrefour Brasil.
O lançamento da conta digital em 2020 quer atingir exatamente esses clientes que não conseguem acesso ao cartão de crédito, oferecendo as vantagens de uma conta digital que integre soluções e facilidades nas jornadas financeiras das pessoas.
Inserir esses clientes no mundo digital vai permitir que o Carrefour conheça seu perfil e as rotinas de transações bancárias deste público.
“Quando fazemos uma analise de crédito avaliamos informações prévias que nos dizem se é seguro, ou não, para o cliente e para empresa conceder o crédito, com a conta digital poderemos aprofundar esse conhecimento e ir liberando aos poucos esse benefício.”, diz o CFO.
O grupo também tem a intenção de oferecer vantagens exclusivas e experiências únicas aos usuários da nova plataforma digital, como forma de estreitar as relações com os consumidores, não apenas nas vendas de produtos nas lojas, mas também em todos os serviços que envolvem o ecossistema Carrefour, assim como já tem sido feito pelo cartão Carrefour.
“Nosso principal objetivo é ajudar nossos clientes. Nós sabemos que hoje conseguir crédito não é uma tarefa fácil, queremos replicar a mecânica de benefícios da loja na conta digital, justamente para atender as pessoas que hoje não tem acesso a eles”, finaliza Durchon.


+ CARREFOUR

Como o Carrefour passou do século 20 para o 21 nos últimos 18 meses

Carrefour, Netflix, iFood e AlmavivA: empresas que antecipam o que o consumidor quer

O cliente é um só: o desafio de unificação do Carrefour 


MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS