Geração X tende a gastar mais com decoração da casa, diz estudo

Segundo o bureau de tendências WGSN, eles se preocupam com o ambiente doméstico como forma de mostrar status social

Foto Unsplash

Enquanto para os Millennials a vida tem um significado cada vez mais transitório e fluído, com o fenômeno de compartilhamento via aplicativos, de casas, carros, roupas e outros objetos, para a Geração X a maneira de encarar a existência é outra.
Para os que nasceram depois da Segunda Guerra Mundial e que têm, especialmente, entre 45 e 55 anos, se preocupar com a decoração da casa é algo extremamente importante. Quem diz isso é o report “Gen X: Future Home 2020”, do bureau de tendências WGSN.
De acordo com as informações publicadas pela pesquisa, esta geração gasta três vezes mais tempo que os pais na decoração do local onde moram e 51% dos entrevistados nessa faixa etária se sentem mais pressionados a terem uma casa perfeitamente decorada.
decoração
O lar, para eles, significa a forma de expressar sua individualidade e bom gosto no que se refere à validação social, explica o estudo.
“A casa é o santuário da Geração X. E, muitas vezes, ela precisa ser flexível o suficiente para acomodar mais gente da família, como filhos adultos ou avós”, diz o report.

VOCÊ SABE? Millennials, X, Z ou Alpha: a qual geração você pertence?

A análise faz sentido, já que em muitos casos essas famílias da geração X foram formadas bem jovens e, além de terem mais filhos dos que os Millennials planejam hoje, na maioria das vezes precisam cuidar de pais ou parentes mais velhos.
Outros pontos curiosos levantados pela pesquisa são os de que, para os próximos anos, mais pessoas desta faixa geracional tendem a se mudar para cidades do interior em busca de melhor qualidade de vida e bem-estar.
A Gen X também coloca muito mais importância na decoração do quarto das crianças do que outras gerações antes e depois dela, e tende a ser menos entusiasmada com casas tecnológicas do que a Geração Y.
decoração
Um exemplo da pesquisa mostra que nos Estados Unidos cerca de 35,8 milhões de casas de millennials usam assistente de voz como a Alexa, da Amazon, por exemplo, contra apenas 16,7 milhões de lares onde vivem os X.
Uma última informação divulgada por esse material é até engraçada: o “Gen X: Future Home 2020” diz que quando essa geração está em “crise da meia-idade” costuma investir em reformas na cozinha para torná-la um statement de decoração, muito mais do que comprar um carro novo e potente, por exemplo.


+ NOTÍCIAS

Aparelhos e dispositivos que devem moldar as casas inteligentes do futuro
Google Assistente: Quanto custa ter uma casa conectada?
As principais tendências em décor para 2020
A Geração Z está matando diversos setores do mercado. E agora?
Geração digital: eles praticam o que pregam?
Tudo sobre gerações. Clique e confira






MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS