Os destinos de viagem que devem ser tendência em 2020

Curadoria feita pela Lonely Planet, editora expert no assunto, inclui lugares tão diversos quanto Amazônia e o Butão, pequeno país budista da Ásia

Você é do time que vive para viajar? Que guarda qualquer dinheiro restante no mês para aquela poupança “pé na estrada”? Então se esse é o seu hobbie ou maior desejo para o ano que vem, hora de conferir a lista da Lonely Planet, uma das marcas referência no mundo quando o assunto é viagem graças a seus guias publicados em dezenas de idiomas.

A lista completa de apostas dos destinos-tendência inclui 30 lugares (países, cidades e regiões) do globo terrestre que devem ser vistos pelos viajantes, seja por sua beleza natural, seja por diversidade de cultura, por exemplo.

Separamos o top 10 dessas sugestões, que inclui a Amazônia brasileira. Confira:

BUTÃO, na Ásia

O micro país que fica perto da Cordilheira do Himalaia, na Ásia, e cuja maioria da população é budista, costuma figurar nas listas de destinos por ser bastante exótico. Em 2020, no entanto, há mais um motivo para visitá-lo. Ele deve se tornar o primeiro do mundo a ter uma produção negativa de carbono. Ou seja, será o único destino verdadeiramente ecológico. Ele também recebe um número seleto de pessoas por ano, então, se apresse para não ficar de fora.


MACEDÔNIA DO NORTE, na Europa

Talvez você nunca tenha ouvido falar nesse território bem pequeno que fica encravado ali no Leste europeu. Integrou a antiga Ioguslávia até 2003, quando se tornou um estado independente. O novo nome foi ratificado em 2019 e junto com ele, a curiosidade por conhecer suas atrações cresceu. Destaque para o bazar otomano da capital, Skopje – preciosidade histórica. O câmbio também favorece a visita dos brasileiros, já que 1 dinar macedônio é igual a cerca de 0,75 centavos de real.


ESUATINI, na África

A Suazilândia mudou de nome e por ser um dos lugares menos visitados da África, muita gente nem ficou sabendo. Mas quem ainda não conhece essa pequena joia africana deve colocá-la no roteiro de 2020, já que fauna e flora por ali são de tirar o fôlego, segundo explica o Lonely Planet. O aeroporto reformado é um convite ao passeio e o rinoceronte é o principal mamífero a ser encontrado por essas terras.


COSTA RICA, na América Central

A grande atração deste país é sua reserva natural: florestas, cachoeiras, praias selvagens. Justamente por isso, é um dos destinos mais sustentáveis do mundo, onde turistas precisam preservar os locais que visitam enquanto fazem suas trilhas de aventura. A questão ambiental é realmente levada a sério, porque é com ela que o país garante os aventureiros em busca de boas ondas para surfar ou de aventuras em meio à mata. Mais uma sugestão que não costuma sair das listas de viagem.


HOLANDA, na Europa

Em 2020 os holandeses comemoram os 75 anos de liberdade após o final da Segunda Guerra Mundial. A data é bastante especial e, por isso, diversos festivais estão sendo preparados para serem feitos no mês de maio, em todo o país. Além disso, segue sendo um dos melhores lugares do mundo para se percorrer de bicicleta. A Holanda também vai muito além de Amsterdã e o Lonely Planet indica as cidades de Haia, Roterdã, Utrech e Groningen como must-see.


MARROCOS, na África

Quem nunca sonhou em conhecer Marrakech? Pois a hora é agora. Em 2020 a cidade se tornará a primeira capital da cultura africana, o que significa ainda mais atenção para seu legado histórico e cultural. O país também vem melhorando a sua estrutura para atrair turistas e inaugurou um trem de alta velocidade entre Casablanca e Tanger, onde se chega em duas hora. Também possui o primeiro museu no norte da África dedicado às mulheres, um programa que deve ser interessante de agendar depois de dormir uma noite no deserto do Saara.


URUGUAI, na América do Sul

Um ponto de paz na turbulenta situação em que muitos países sul-americanos se encontram, nosso vizinho do cone sul se mantém progressista nos direitos civis e seguro quando o assunto é segurança. Além das já conhecidas Punta Del Este e Colônia de Sacramento, a praia de Punta Del Diablo é um achado ainda mais tranquilo e rústico. O câmbio também favorece uma passadinha dos brasileiros por lá: R$1 equivale a quase nove pesos uruguaios. Bom para garantir vinhos na mala de volta.


MAINE, nos Estados Unidos

Pouco conhecido entre os brasileiros, este estado que fica na parte americana conhecida como Nova Inglaterra tem seu charme peculiar. Em 2020 completa 200 anos de existência, com festas em diversas de suas cidadezinhas. Segundo o Lonely Planet, é um destino que vem chamando atenção por suas atrações gastronômicas e pela vida pacata que envolve velejar e se aventurar por seus bosques.


TOHOKU, Japão

Os jogos olímpicos de 2020 acontecem em terras japonesas e, de acordo com a Lonely Planet, novas regiões do país devem ser “descobertas” pelos visitantes que forem conferir as competições. Entre elas está Tohoku, que fica a poucas horas de trem de Tóquio, e se renovou depois de um forte terremoto em 2011. Picos vulcânicos, águas termais e uma rota por destilarias de saquê fazem desta viagem potencialmente inesquecível para qualquer aventureiro.


AMAZÔNIA, no Brasil

A maior floresta do mundo foi o centro das atenções (e ainda é, na verdade), durante boa parte de 2019 por causa das queimadas criminosas e do desmatamento recorde. Mesmo assim, a região amazônica figura entre os destinos imperdíveis para o ano que vem por – com destaque para Manaus e para as praias da Ilha do Amor. Quem sabe com mais visitantes, o uso criminoso da floresta por madeireiros e garimpeiros deixa de ser economicamente atrativo, certo?


+ NOTÍCIAS

Consumidor pode remarcar viagem para praia atingida por óleo, diz Procon SP
Pesquisa mapeia tendências de viagem e turismo de cada geração
Millennials: a geração que prefere viajar a ter filhos e tem medo de não se aposentar

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS