Conheça as melhores empresas para trabalhar no varejo em 2019

50 varejistas foram premiados em duas categorias pelo GPTW. Diversidade foi tema do evento

Foto Unsplash

O varejo é setor de destaque quando o assunto é ambiente de trabalho diverso. As empresas se destacam em representatividade feminina e contratação de jovens.

Abraçando a diversidade como pilar fundamental dentro das organizações, o GPTW (Great Place to Work) premiou, nesta segunda-feira (2), as varejistas com melhor ambiente de trabalho em 2019.

Para se ter ideia, o varejo é o segundo setor com maior representatividade feminina, com mais da metade (56%) do quadro das empresas composto por mulheres e o que mais emprega jovens até 35 anos – eles representam 39% dos colaboradores de varejistas.

Atualmente, o índice de desocupação entre os jovens até 25 anos é de 26,62%, enquanto a taxa total que engloba os adultos é de 12,03%.

Porém, o varejo ainda tem um grande desafio: levar mulheres às posições de liderança. Ainda que mais da metade dos colaboradores sejam do sexo feminino, elas ocupam apenas 14% dos cargos de alta liderança no setor. melhores empresas

Por isso, o tema da premiação de 2019 do GPTW Varejo foi diversidade. A empresa entendeu que um bom ambiente de trabalho é um ambiente agradável para todas as pessoas.

O PRÊMIO

Nesta edição do GPTW Varejo, foram 212 empresas inscritas, mas apenas 50 foram premiadas, divididas entre as categorias Pequenas e Médias empresas e Grandes Empresas.

A alta rotatividade do ranking mostrou como o varejo é um setor competitivo. Cerca de 35% das empresas premiadas em 2019 não estavam entre as 50 melhores no ano.

“Não basta apenas ganhar uma vez. O desafio é se manter no ranking”, afirma Pamela Nielsen, diretora regional do Great Place to Work Brasil.

A 4Bio Medicamentos, uma das premiadas da noite na categoria Pequenas e Médias Empresas, tem 14 anos de existência e está há 6 anos consecutivos entre as 25 melhores empresas para trabalhar da categoria.

Reginaldo Beralde, gerente de RH da empresa, explica que a 4Bio “é um elo que liga as pessoas aos seus sonhos” e atribui a permanência no ranking a uma cultura organizacional bem estruturada e já absorvida pelos colaboradores.


LEVVO

A Levvo, empresa que possui 23 franquias do Mcdonald’s, foi eleita a melhor varejista para trabalhar entre as pequenas e médias empresas.

A empresa goiana tem o desenvolvimento pessoal para formação de profissionais como um de seus valores. “Gostaríamos de ser um exemplo. Nosso propósito é cuidar das pessoas e do meio ambiente”, afirma Laura Ribeiro, CEO da Levvo.

Recentemente, a empresa contratou seis pessoas refugiadas e outros seis colaboradores transgênero, reforçando seu compromisso com a diversidade dentro da organização.

“Nossa governança é composta por 75% de mulheres e pessoas negras representam 65% do nosso quadro”, completa Laura.


MAGAZINE LUIZA

O propósito do Magazine Luiza é levar a muitos o que é de poucos através de uma plataforma de calor humano. E a empresa faz isso também com as vagas que têm, preenchendo os postos com a maior diversidade possível.

“O que mais estimulamos é a diversidade de ideias e é por isto que os resultados aparecem”, defende Patricia Pugas, diretora executiva de Gestão de Pessoas do Magazine Luiza.

O Magalu entende que equipes diversas são mais produtivas, por isso promoveu um processo de seleção de trainees às cegas. A intenção da empresa é cumprir seu propósito e dar acesso às oportunidades para todos.


As melhores pequenas e médias varejistas para trabalhar em 2019

Fonte: GPTW


As melhores grandes varejistas para trabalhar em 2019

Fonte: GPTW

 


+ NOTÍCIAS

Conheça a história de 5 CEOs de grandes varejistas
Conheça as varejistas mais amadas pelos brasileiros
As 10 maiores varejistas do Brasil em faturamento






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS