Como estão se comportando os m-consumidores brasileiros?

Na era do mobile first, 25% dos comerciantes nacionais ainda não têm sites responsivos, que se adaptam às telas dos smartphones

Unsplash

Em um novo cenário de comércio onde expressões como mobile first e “mobile only” vêm se tornado cada vez mais comuns entre os internautas, a pergunta que não quer calar para os lojistas que buscam inovar nas estratégias de m-commerce é: como o consumidor brasileiro tem se comportado nesse meio?

Para responder esta questão, o PayPal encomendou uma pesquisa a nível global à Ipsos que focasse nos hábitos de consumo online.

Entre as muitas descobertas do estudo está o fato de que, apesar de 80% dos e-consumers terem comprado via smartphone nos 6 meses que antecederam à pesquisa, 37% das empresas mundiais ainda não têm sites responsivos, que se adaptam às telas dos celulares .

VOCÊ VIU? PayPal For All: como o mobile first vem impactando a experiência no varejo

No Brasil, esse índice é um pouco menor: 25%. O que faz sentido, já que segundo o IBGE, por uma questão de preço, os mobiles são o principal meio de acesso do brasileiro à internet e às redes sociais.

Confira a seguir os resultados do estudo, tanto do ponto de vista dos consumidores, quanto dos comerciantes brasileiros:


Os hábitos dos m-consumidores brasileiros

92% deles compram online, contra 95% da média global;

60% dos brasileiros compram ou fazem pagamentos online pelo menos uma vez por semana, enquanto a média mundial é de 48%;

94% é o número de m-consumidores brasileiros que realizam uma dessas duas atividades via aplicativos;

Pelo menos uma vez por dia, 66% dos compradores brasileiros navegam pela internet em seus smartphones à procura de produtos ou serviços. Globalmente o número cai para 56%;

Melhor horário: 47% dos m-consumers compram via mobile na cama, antes de ir dormir;

43% dos entrevistados brasileiros disseram ter feito compras nos últimos seis meses por meio de redes sociais;

O tíquete médio do comprador online brasileiro é de R$ 503 mensais.


Millennials no m-commerce

70% dos millennials brasileiros buscam por produtos ou serviços nos smartphones pelo menos uma vez ao dia;

17% desses millennials preferem comprar via mobile quando estão nas lojas;

Ainda em relação a essa geração, 20% fazem compras nos dispositivos móveis quando estão na companhia de amigos.


O mercado brasileiro

Atualmente, os comerciantes entrevistados garantem que 44% de suas vendas online se dão via dispositivos móveis;

74% dos lojistas brasileiros dizem garantir que têm versão otimizada de suas lojas online para smartphones;

52% dos lojistas nacionais garantem já estar vendendo produtos e serviços via redes sociais.

 


+ M-COMMERCE

E-commerce x M-commerce: conheça as ferramentas que estão revolucionando o mercado

Compras por m-commerce dobraram em dois anos e já respondem por 1/3 dos pedidos online no Brasil

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS