Os Millennials estão acabando com o Natal?

Segundo pesquisa, as gerações mais novas enxergam algumas tradições, como o Natal, como costumes antiquados. Qual será o impacto destas mudanças na sociedade e nos negócios?

Não é surpresa para ninguém que a geração Millennial é responsável por grande parte da sociedade de consumo, e seus hábitos ditam muitas tendências de negócios. Da mesma forma, esta geração também tem sido responsável pelo fim, ou pela repaginação, de algumas tradições antigas, entre elas os casamentos, as intercomunicações e o Natal.

É o que indica um estudo da Pew Research Center, com membros de diversas gerações nos Estados Unidos. De acordo com a pesquisa, 9 em cada 10 Millennials dizem participar dos festejos natalinos, mas apenas 4 em 10afirmam que o fazem como feriado religioso.

Para 43% dos jovens milenares entrevistados, o Natal não passa de um feriado cultural, do qual as pessoas se acostumaram a celebrar, do que uma verdadeira data religiosa.

natal

Esta afirmação tem um grande contraste com as Gerações Silenciosa e Boomers, em que a importância religiosa da data fica entre 56 e 68%, que frequentam cultos religiosos na véspera e no dia da festa, além da clássica ceia.

Pesquisa sugere aumento nas vendas de árvores natalinas

Mas será que o desinteresse dos Millennials pelas antigas tradições está interferindo negativamente na sociedade de consumo? Uma recente pesquisa da Nielsen com a Harris Insights pode indicar que não é bem assim: mais de 2 mil Millennials norte-americanos entrevistados mostraram que o interesse nas compras de árvores de Natal aumentou em 20% no último ano, sobretudo entre pessoas nascidas entre a metade dos anos 80 e 90.

A razão, diz a pesquisa, é que o aumento nas vendas está sendo motivado pelo fato de que esta geração, agora, está na idade de começar a construir suas próprias famílias, e tendo moradia independente.

natal

Apesar do conceito de família ter se tornado fluído nas gerações atuais – para muitos jovens milenares, por exemplo, a família pode ser um pet, ou colegas de quarto em uma república –, o Natal continua a ser celebrado de uma forma ou de outra.

Segundo Jessica Lautz, vice-presidente de informações demográficas e comportamentais da maior associação comercial dos Estados Unidos, em uma entrevista à CNN, a obsessão geracional por compartilhar fotos das redes sociais pode estar impactando essas decisões de compras.

“Eu não acharia exagero ver que eles querem uma árvore de Natal para colocar no Instagram, seja para si mesmos ou para suas famílias.”


+ MILLENNIALS

Millennials criaram um novo estilo de vida: o nomadismo digital
Brechós de luxo crescem e atraem novos clientes, Millennials e Geração Z são os maiores consumidores
O varejo de moda que se prepare: mais que compras, os millennials gastam com experiência
Macy’s mira nos Millennials e anuncia venda de peças de segunda mão






ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS