Amazon anuncia soluções para compras dentro do carro

Varejista prepara a infraestrutura para as transações feitas dentro do carro e é um dos nomes mais importantes na briga pelos dados gerados por motoristas

A Amazon está decidida a levar a Alexa para fora da casa dos consumidores, começando por seus carros. Na feira anual CES 2020, a empresa anunciou uma série de medidas que vão facilitar a compra dentro dos veículos.

As melhorias em compras dentro do carro começam com as parcerias firmadas pela Amazon com montadoras. Alguns novos veículos da Ford, Audi, BMW, Toyota, GM e Volkswagen já operam o sistema da varejista norte-americana.

LEIA TAMBÉM: Assistentes de voz serão onipresentes nos carros dos próximos três anos

Para aqueles que não vão comprar um carro novo tão cedo, a empresa lançou o Echo Auto. Os usuários colocam o equipamento no painel do veículo e conectam ao rádio para terem a Alexa à disposição.

Echo Auto, o dispositivo que leva a Alexa para dentro dos carros / Foto: Divulgação

Usando o comando de voz, o Echo Auto permite aos usuários controlar as músicas tocadas no rádio, fazer perguntas a Alexa, checar as últimas notícias e gerenciar os compromissos. O dispositivo deve estar à venda no Brasil ainda este ano.

Com toda a infraestrutura preparada para suportar as compras no carro, a Amazon anunciou um passo importante nesta direção. No fim do ano, os consumidores norte-americanos poderão dar o comando “Alexa, pague pelo combustível”. Isso graças a uma parceria com a ExxonMobil, que tem 11.500 postos de gasolina nos Estados Unidos.

Além do acordo com a ExxonMobil, a Amazon também terá a ajuda da BMW e da FCA (Fiat Chrysler Automobiles) para promover o streaming de conteúdo em carros das montadoras via Fire TV.

Os dados gerados por motoristas e passageiros são alvo de disputa entre as gigantes de tecnologia. Enquanto isso, algumas montadoras estão desenvolvendo suas próprias plataformas de voz. Um estudo da McKinsey mostrou que esses dados devem movimentar US$ 750 bilhões até 2030.


+ AMAZON

Como a Amazon se relacionou com o Brasil em 2019?
Apple, Amazon e Google se unem para criar padrão universal para “casas inteligentes”

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS