Uber limita que motoristas trabalhem somente 12 horas por dia

O recurso já estava disponível em outros países em que o aplicativo está disponível e começa a funcionar em todo o território nacional ainda nesta semana

O Uber divulgou, nesta quarta-feira (04), que vai ativar uma ferramenta que limita o tempo de trabalho de seus motoristas parceiros. A partir de agora, só poderão trabalhar, no máximo, 12 horas diárias. Será que isso dará certo?

O recurso já está disponível em outros países e começa a funcionar em todo o território nacional ainda nesta semana. Após alcançar o período de 12 horas trabalhadas, o aplicativo será bloqueado automaticamente e só permitirá novas solicitações de viagem após uma pausa de seis horas.

O sinal de recolher do Uber

A atitude faz parte de uma série de ações em preparação para o Maio Amarelo, campanha de conscientização no trânsito. Além disso, a limitação de tempo surge como uma alternativa para evitar que motoristas circulem por longas horas e se desgastem, o que coloca em risco sua integridade física e a dos passageiros. Do mesmo modo, também contribuirá na redução da probabilidade de acidentes.

Outro recurso que recentemente foi disponibilizado é a implantação de uma campanha em prol da segurança dos ciclistas. Para aumentar a segurança daqueles que andam pelas ruas com suas bikes, o Uber alerta os passageiros para redobrar a atenção antes de abrir a porta do veículo ou, quando o embarque e desembarque ocorrer próximo a uma ciclovia.


Uber se posiciona contra o preconceito em nova campanha

Uber libera novo recurso para identificação de paradas inesperadas

Uber recebe autorização para operar patinetes em São Paulo







Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS