É hora de empatia no home office e isolamento social

Medidas simples sugeridas por um site especializado em business ajudam a enfrentar os dias de trabalho em tempos de Covid-19 com foco no bem-estar

Em tempos de total mudança de ritmo de trabalho, com home office adotado em diversos setores, e muitas decisões estratégicas sendo tomada em conferências online, o site “Fast Company”, expert no assunto de novos negócios, decidiu listar algumas maneiras de ter mais empatia em tempos de quarentena. O surto do novo coronavírus pede reconfiguração, inclusive, no relacionamento entre profissionais e seus gestores. O equilíbrio entre fazer cobranças e manter o moral dos funcionários é a equação-chave para esse momento. Por isso mesmo, vale ficar de olho nessas cinco sugestões:

BOA COMUNICAÇÃO É A CHAVE

Ruídos entre o que é pedido e o que deve ser entregue; emails que podem dar margem à dúvidas; enorme número de calls e reuniões online. Diante dessa nova realidade, o site aconselha para os gestores e funcionários colocarem a boa comunicação entre os times como prioridade. Quem trabalha sozinho e está isolado pode sucumbir à ansiedade, então mensagens diárias – não necessariamente de cobranças – podem ajudar. Se você é o gestor de um time que faz reuniões online diariamente, o site aconselha aparecer nas conversas. Ver rostos é importante, aponta a FC.

SEJA DECISIVO

Compartilhar as aflições do momento com os colegas de trabalho pode ajudar a humanizar as relações entre profissionais que seguem neste momento, defende o artigo da FC. E diante da instabilidade do presente e da falta de previsão para o futuro até que o isolamento passe e a economia volte a funcionar 100% é normal ter conversas e pensamentos mais negativos no dia-a-dia. Considere criar um canal para ter feedback individual dos funcionários feita de maneira anônima e, como gestor, é importante tomar decisões claras e firmes em momentos cruciais para não deixar os times ainda mais confusos.

LEVANTANDO O MORAL

Ter equipes quase inteiras produzindo dentro de casa é novidade para a maioria das empresas brasileiras. Valorizar o bem-estar geral é importante neste momento, independentemente das metas de entregas. Conversas mais informais podem ajudar a levantar o moral, bem como o compartilhamento de sugestões com dicas de livros, filmes, aulas de ioga ou happy hour entre os colegas.

 

LEMBRE-SE DE TODOS

Para empresas maiores, a dica do site é não esquecer de quem faz inclusive as funções fora de casa ou que são menos estratégicas. Nesse momento de quarentena, o esforço de todos deve ser valorizado e isso precisa ser algo comunicado dentro da empresa, diz a “Fast Company”. Equipes de suporte, como TI e RH, ganham suma importância na atual situação. Invista nelas.

ACEITE OS RECURSOS EXTERNOS

Programas de assistência a funcionários ajudam as pessoas que podem, eventualmente, estarem se sentindo sobrecarregadas. Psicólogos e outros profissionais que tratam da saúde mental podem ser uma aquisição valiosa neste momento. Para gestores e líderes, é hora de lembrar que o melhor deve ser feito em tempos de incerteza. É uma proteção até mesmo para a empresa continuar funcionando no futuro.

Tecnologia mostra que é possível ser produtivo fora do escritório
Conheça as tendências que foram aceleradas pelo coronavírus






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 261: O respeito ao cliente é o caminho para 2021

Anuário: A omnicanalidade em todo lugar

CM 260: Conarec 2020 e sua imersão em experiência em um mundo antinormal

VEJA MAIS