Carrefour implanta maquininhas da Cielo que aceitam auxílio emergencial

Grupo Carrefour Brasil é o primeiro varejista a disponibilizar a novidade da Cielo aos beneficiários que estão recebendo o auxílio do governo

Com a crise causada pela pandemia de coronavírus, milhões de brasileiros estão sem a possibilidade de trabalhar e vão receber o auxílio emergencial do Governo Federal por três meses. Para ajudar essas pessoas, a Cielo, maior empresa de pagamentos eletrônicos do Brasil, adaptou um modelo de maquininha para aceitar o cartão de débito virtual da Caixa, que está sendo disponibilizado para quem não possui conta em banco.

O Carrefour Brasil foi escolhido para ser a primeira rede do país a implantar a solução no varejo. O grupo substituiu o antigo modelo de máquina pela Smart Pos LIO, em seus supermercados, lojas de conveniência, drogarias e postos de combustíveis parceiros. Ao todo, são mais de 480 pontos de vendas.

A iniciativa tem como objetivo facilitar a compra de mantimentos e diminuir a aglomeração de pessoas em agências bancárias. Até o momento, mais de 10 milhões de poupanças digitais foram abertas, mas estima-se que 30 milhões de pessoas sem contas bancárias serão contempladas com o benefício.

Como funciona?

Carrefour

Para realizar um pagamento é necessário baixar o aplicativo da Pos LIO. Por meio dele, os vendedores inserem os dados do cartão virtual do beneficiário na máquina e finalizam a transação em segundos. A plataforma foi desenvolvida pela Cielo em tempo recorde e está disponível gratuitamente para IOS e Android.

“A solução reduz a necessidade de os beneficiários enfrentarem longas filas para sacar os recursos nos bancos, diminuindo riscos de contaminação. Eles poderão usar o saldo do cartão diretamente em compras nos estabelecimentos comerciais”, afirma Paulo Caffarelli, presidente da Cielo.

Recentemente, outras lojas como a Shoptime, Americanas, Extra.com e Casas Bahia também anunciaram uma seleção de produtos que poderão ser comprados com o auxílio da Caixa, através de seus sites e aplicativos. Além disso, o cartão virtual também pode ser usado para colocar crédito na conta virtual do PicPay.

Entrevista exclusiva 

Ações como essa, que valorizam a responsabilidade social com a sociedade, estão cada vez mais presente entre as empresas. Conversamos com Luís Maurício Bressan, Diretor Financeiro do Carrefour, para entender sobre a parceria com a Cielo. Veja abaixo.

CONSUMIDOR MODERNO: Como aconteceu a parceria com a Cielo para esta ação?

LUÍS BRESSAN: A Cielo é nossa parceira de longa data e a principal Adquirente em operação no Grupo Carrefour no momento. A aproximação foi natural diante da necessidade de viabilizar uma forma de transacionar o cartão de débito virtual Caixa nas lojas físicas. Somos um serviço essencial e a parceria está alinhada aos esforços que estamos fazendo para poder atender a população de uma maneira segura.

CM: O Carrefour já utilizava o modelo de maquininhas em suas lojas? 

LB: Já estávamos em processo de substituição do antigo modelo de POS pelo SMART POS LIO. O desenvolvimento do aplicativo e a definição do cartão de débito virtual CEF como meio para utilização dos recursos depositados pelo governo federal nos fez acelerar esse movimento de substituição.

CM: O pagamento é somente pelo aplicativo ou também funciona por aproximação?

Neste momento, somente pelo aplicativo embarcado no POS LIO.

CM: Qual o principal objetivo da novidade?

LB: Oferecer experiência rápida e segura de uso para os portadores do benefício, contribuindo para a diminuição de aglomeração na rede de atendimento da Caixa.

CM: Como ela pode impactar no comportamento do consumidor?

LB: Difícil mensurar o impacto no comportamento, até porque a ação está iniciando e o auxílio governamental é momentâneo. De fato, os consumidores estão cada vez mais conectados e os estabelecimentos físicos estão em constante evolução.

CM: Serão mais de 480 pontos em que a máquina estará disponível. Em todas as regiões do país? Houve critérios de escolha?

LB: Desde quarta-feira (06) até esta sexta-feira (08) as máquinas já estarão disponíveis nas regiões em que a bandeira Carrefour estiver presente, independentemente do formato. Em breve as lojas do Atacadão também estarão aptas, ampliando assim a capacidade de atendimento para todas as regiões do país.

CM: Como o Grupo Carrefour Brasil se sente em ser a primeira rede do país a contar com a solução no varejo?

LB: Estamos extremamente satisfeitos em poder oferecer esta possibilidade aos clientes, independentemente do pioneirismo. Conforme declarado pelo Luis Moreno, CEO do Carrefour Varejo, trata-se de mais um passo que o Grupo Carrefour Brasil dá para atender à população neste momento tão importante e tornar cada vez mais acessíveis alimentos e itens essenciais.


Como fazer networking e ter relações produtivas na quarentena

“Novo normal”: Como a pandemia afeta o comportamento do consumidor?

As ações do Mercado Livre para absorver uma demanda maior durante a pandemia

Cargill e Grupo Carrefour: conheça as soluções tomadas no atendimento ao cliente durante a crise






MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS