As praias mais seguras para conhecer na Europa em tempos de Covid-19

Site especializado em viagens elege os destinos com menores taxas de contaminação: tem destinos em Portugal, na Alemanha e até na desconhecida Lituânia

O verão europeu acaba de começar e com o surto do novo coronavírus aparentemente controlado em boa parte dos países europeus, começam a ser possíveis as viagens internas pelo continente. O setor do Turismo, um dos mais atingidos mundialmente, começa a se levantar em países nos quais é fundamental para a economia – como Espanha e Itália.

Mas não é nesses locais que estão as praias consideradas mais seguras para esta temporada de calor em solo europeu. Agora que o critério mudou de beleza para segurança – no que se refere à presença do vírus circulando, os destinos também estão um pouco mais fora do comum.

A lista com o top 10 das praias que ganharam o selo de seguras foi publicada pelo European Best Destinations, site especializado em viagem vivem nelas e ens, usando como critério o tamanho das praias, o número de infectados da região e a estrutura de hotéis e acomodações no entorno capazes de promover uma experiência com o mínimo de higiene para os visitantes. Em outras palavras, lugares mais rústicos, praias menores e endereços distantes de qualquer ajuda médica não foram priorizados. Quer saber quais locais foram escolhidos? Acompanhe a lista abaixo com o top 10:

PREVEZA, NA GRÉCIA

Por incrível que possa parecer, a Grécia foi um dos países europeus menos afetados pela pandemia de Covid-19. Entre as medidas tomadas pelo governo grego para a temporada de verão por lá está a obrigatoriedade dos guarda-sóis estarem a quatro metros de distância um do outro e dos filtros de ar condicionado serem limpos a cada hóspede que usar o quarto. A praia em questão tem 22 km e é considerada mais longa da Europa. Também está perto de três hospitais e a 10 minutos do aeroporto. Segundo o site, é a única praia com sol e calor do continente com tanta segurança assim para seus frequentadores. Preveza estará aberta a turistas a partir de 1º de julho.

COMPORTA, NO ALENTEJO, EM PORTUGAL

Dizem que a praia de Comporta é tão pouco frequentada que podia se encontrar até mesmo Madonna andando de cavalo por suas areias. Isso na era pré-Covid-19, porque agora o local deve ser um dos mais concorridos como destino em Portugal. A praia tem 20km de comprimento e fica no Alentejo, uma das regiões menos afetadas pela pandemia. Comporta fica a 1 hora de carro de Lisboa e em seus hotéis existe uma etiqueta indicando que o local foi limpo e desinfetado. Hotéis e restaurantes já funcionam desde o dia 15 de junho para os turistas e não é necessário quarentena.

PENÍNSULA DE HEL, NA POLÔNIA

Junto com Portugal e Grécia, o território polonês também está entre os menos afetados pelo surto mundial do novo coronavírus. Na Polônia, aparentemente, os hospitais nunca ficaram sobrecarregados. Por isso mesmo, essa faixa de areia de 35 km de comprimento é perfeita para se descobrir a pé ou andando de bicicleta. De acordo com o site, para chegar até lá é preciso pegar um voo até a cidade de Gdansk e alugar um carro em direção à essa praia. Só resta depois torcer para que o clima de verão permaneça para dar aquela forcinha no bronzeado ao estilo polonês. Voos internacionais para a Polônia voltam a ocorrer a partir de 1º de julho.

PRAIA DE PORTO SANTO, ILHA DA MADEIRA, PORTUGAL

Mais um destino com assinatura lusitana na lista. A Ilha da Madeira é um destino que vale para ser conhecido como um todo e não somente em uma praia. Nas estatísticas portuguesas, o local ficou com a menor taxa de contaminação e, por isso, é uma ótima opção com natureza selvagem, belas paisagens e valores acessíveis. Madeira, a ilha principal do arquipélago, conta com 5.500 habitantes, e areias onde se faz a “Psamoterapia”, ou terapia das areias quentes. Tal como a maioria dos países, deve começar a receber turistas a partir de 1º de julho.

PRAIA DE HALIKOUNAS, NA GRÉCIA

Localizada na Ilha de Corfu, a praia tem paisagens verdes, flora e fauna local de fazer suspirar. Com mais uma praia na lista, a Grécia deve se consolidar como o destino de verão do momento em 2020, por unir calor e belezas naturais à segurança essencial a seu funcionamento. A medição de turistas internacionais nos aeroportos e a grande capacidade de leitos hospitalares disponíveis no país é um atrativo. A praia em questão fica a apenas 40 minutos do aeroporto de Corfu, que tem uma boa estrutura de alojamentos. Os vôos internacionais são reiniciados em 1º de julho

PRAIA DE GHAJN TUFFIEHA, EM MALTA

Segundo dados do site, a ilha de Malta sofreu com 55 menos casos de Covid-19 do que boa parte dos países mais afetados e o país tem mais leitos por morador do que Finlândia e Irlanda, por exemplo? Como houve pouca contaminação em Malta, os hospitais também nunca trabalharam em seu limite. A praia de Ghajn é banhada pelas águas claras do Mar Mediterrâneo – e o local nunca costuma ficar abarrotado. Outro point que merece uma visita, de acordo com o site, é a ilha de Gozo, um local menor, mas ideal para caminhadas e mergulhos. Os hotéis em Malta reabriram em 1º de junho e os voos internacionais começam a acontecer a partir de 1º de julho.

MEIA PRAIA, ALGARVE, PORTUGAL

O sul do país é cenário de praias belíssimas de areia dourada e mar esverdeado. É por lá que você encontrará esse destino, que fica em Lagos, no Algarve. Dona de um centro histórico charmoso, muitos bares e cafés, Lagos já costuma receber bastante turistas, principalmente ingleses. Meia Praia é a maior faixa de areia da cidade com quase 5km de comprimento. É possível chegar a essa parte de Portugal descendo de avião em Faro, que fica a uma hora de carro, cidade no extremo sul do país ou dirigindo desde Lisboa.

PRAIA DE JURMALA, NA LETÔNIA

Certamente você nunca imaginou pegar praia nesse país pequenino do Leste Europeu. Mas além de ser um destino exótico, ele também carrega consigo o certificado EDEN, dado pela Comissão Europeia apenas a lugares de turismo que são sustentáveis. São 33 km de comprimento e vilas com hotéis focados em spas, tratamentos e massagens, tudo de pegada natural. A combinação da brisa marítima com a fragrância dos pinheiros, árvores nativas da região, garante uma sensação de relaxamento única, diz o site. Para chegar, basta descer de avião na capital, Riga, e ir para a praia de trem ou de carro. O tempo entre um local e outro é de, no máximo, 50 minutos. A partir de 1º de julho, a maioria dos hotéis e restaurantes estarão funcionando no país. Até as salas de massagem e devem funcionar desde que com menos de 500 pessoas dentro.

PRAIA DE NIDA, NA LITUÂNIA

E já que estamos no Leste Europeu, a vizinha Lituânia também ganhou espaço no top 10 do site European Best Destinations. Também com grande apelo para os amantes de destinos mais ligados à natureza, a praia de Nida fica a uma hora da cidade de Klaipéda quatro horas de carro da capital do país, a cidade de Vilnius. São incríveis 100 km de areia em um lugar paradisíaco praticamente isolado do resto do mundo. A maioria dos viajantes que conhecem essa parte do mundo vêm da Alemanha, além dos próprios lituanos, claro. A praia também é conhecida como excelente point para a prática de esportes como o kitesurf e o windsurf. A Lituânia teve 40 vezes menos casos que lugares como a Alemanha, por exemplo. E o país reabre para viajantes também a partir de 1º de julho. 

PRAIA DE BINZ, NA ILHA DE RÜGEN, NA ALEMANHA

Quem diria que a gelada Alemanha passaria na frente de países como a Itália e a Espanha na hora de emplacar uma praia na lista das mais desejadas do verão 2020. Com 5 km de comprimento, Binz é perfeita para os amantes de natureza e tem hospedagens de luxo de frente para o Mar Báltico. O local fica a 1h20 do Aeroporto de Rostock, e a ilha de Rügen é uma das maiores do país, com mais de 70 mil habitantes. Alemanha abrirá suas fronteiras a partir de 15 de junho, mas os voos internacionais apenas começam em 1º de julho.


+ NOTÍCIAS

Ir ou não à praia? Saiba os riscos dos passeios ao litoral

Carga mental: como equilibrar durante o isolamento

A quarentena é um bom momento para adotar um animal de estimação?

O teatro terá futuro após a pandemia de COVID-19?

 






MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS