A Era do Diálogo: Legado da pandemia e a expansão da telemedicina

A experiência digital no sistema de saúde irá estabelecer novas medidas médicas, em procedimentos e na formação de planos do setor para os pacientes?

Foto Bongkarn Thanyakij: Pexel

O tema mais discutido na atualidade tem sido a saúde, ainda mais impulsionado pelo cenário atual da pandemia causada pela Covid-19. Entre os diferentes novos temas acoplados ao novo momento, está a aplicação da telemedicina e também como os planos e protocolos do setor têm sido abordados para a segurança dos consumidores.

O quanto a experiência digital no sistema de saúde irá estabelecer novas medidas médicas, em procedimentos e na formação de planos do setor para os pacientes? No segundo dia de A Era do Diálogo 2020, Renato Velloso, CEO do dr. Consulta, Ana Elisa Siqueira, CEO da GSC – Integradora de Saúde, José Cechin, superintendente executivo do Instituto de Estudos da Saúde Suplementar (IESS), e Jacques Meir, diretor-executivo de Conhecimento do Grupo Padrão, discutiram, entre outros temas, se a telemedicina é de fato uma prática que veio para ficar.

Legados da pandemia para a saúde

“A telemedicina veio para ficar, sim” afirma Cardoso logo na sua primeira participação no painel

A afirmação também também foi compartilhada por todos os outros participantes do painel.

Cardoso, que ao longo da carreira na saúde migrou para os setores administrativos, aponta que a última regulamentação da telemedicina é de 2002. Ele aponta também que a tecnologia que temos à disposição atualmente facilita a disseminação deste formato de atendimento à distância. 

O governo federal aprovou uma medida provisória (Lei Nº 13.989), em 15 de abril de 2020, que permite o uso da telemedicina, durante o período da pandemia. A MP aponta que entende-se como telemedicina “o exercício da medicina mediado por tecnologias para fins de assistência, pesquisa, prevenção de doenças e lesões e promoção de saúde.” Além disso, ela também indica que, “o médico deverá informar ao paciente todas as limitações inerentes ao uso da telemedicina, tendo em vista a impossibilidade de realização de exame físico durante a consulta.”

O atual CEO da startup dr. Consulta afirmou ainda que com o uso de prontuários eletrônicos e clínicos, sustentados por novas tecnologias, é possível realizar uma consulta de alta qualidade. Segundo Cardoso, a empresa já realiza 2.000 consultas por telemedicina diariamente, sendo que 20% são com pacientes acima dos 60 anos.

Há um ano, o IESS começou a verificar as utilizações da telemedicina em outros países. E o resultado foi a confirmação de que este método leva a saúde para pessoas que estão longe das unidades de saúde e tecnologia mais modernas. “Ela [telemedicina] vem para levar a tecnologia à lugares afastados e os médicos decidem se querem se valer deste recurso de consulta à distância ou não. Mas para muitas pessoas isso é resolutivo”, comenta Cechin. 

telemedicina

Foto Engin Akyurt: Pexels

Precauções no uso da telemedicina

Na visão da CEO da GSC – Integradora de Saúde a nova metodologia de atendimento não serve para qualquer especialidade ou momento. E alerta:

“A gente tem que aprender a fazer a jornada deste usuário fisital mesmo. Então, quando é que ela tem que ser física e quando é que ela tem que ser digital”, comenta Siqueira.

A executiva e médica também pontuou a necessidade de prestar atenção para que não aconteça uma deterioração na relação entre médicos e pacientes, para que a relação esteja no centro do cuidado, tanto na monetização do serviço quanto na construção do relacionamento. 

Quer saber o que mais foi discutido sobre a saúde personalizada, uso de dados na jornada do paciente e o protocolo médico? Assista ao ví­deo abaixo na íntegra.


Assista ao segundo dia de A Era do Diálogo:

Como fica a privacidade dos dados pessoais durante o isolamento social?

Entenda os novos paradigmas da defesa do consumidor na era digital

Relações de consumo no Brasil é destaque em “A Era do Diálogo”






ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS