Disney+ já tem data marcada para estrear no Brasil

O serviço de streaming de filmes, séries e outros conteúdos de Disney, Pixar, Marvel, Star Wars e National Geographic chega ao Brasil no dia 17 de novembro

A pandemia fechou cinemas, teatros e cancelou festivais. O isolamento social tornou o streaming audiovisual um dos principais entretenimentos, não à toa, estudos como o da Conviva, uma  plataforma de monitoramento de streaming, mostram que a audiência desses serviços cresceu 20% no início da crise sanitária. É nesse cenário de crescimento do mercado que o Disney+ chega ao Brasil para bater de frente com Netflix, Amazon Prime, Apple TV+ e HBO Go.

Com estreia marcada para o dia 17 de novembro, o Disney+ irá disponibilizar para os seus assinantes filmes e séries de Disney, Pixar, Marvel, Star Wars, National Geographic, além de produções originais exclusivas. O preço da assinatura ainda não foi divulgado, mas especula-se algo em torno de R$ 29.

O Disney+ terá clássicos e estreias em seu catálogo. Foto: Reprodução Disney.

Atualmente disponível em mais de 30 países, o Disney+ já possui 60,5 milhões de assinantes, como foi divulgado pela empresa nos resultados financeiros de seu último trimestre. O número que era esperado apenas para 2024 deve aumentar significativamente com a chegada do streaming no Brasil, Caribe e América Latina.

“Sabemos que nosso público da América Latina está ansioso pela chegada do Disney+. A partir de seu lançamento, se tornará a primeira e única opção de acesso em streaming com presença exclusiva dos conteúdos cinematográficos de todas as nossas marcas. De um modo geral, posso dizer que as melhores e mais relevantes experiências Disney para todos os membros da família estarão disponíveis de maneira ilimitada e permanente”, afirma Diego Lerner, presidente da The Walt Disney Company Latin America.

Conteúdo disponível

Filmes, séries e curtas já conhecidos e estreais programadas são prometidos no catálogo. Entre os clássicos estão as animações “Branca de Neve e os Sete Anões”, “A Bela e a Fera” e “O Rei Leão”. Os mais recentes live-actions “Alladin”, “Mogli – O Menino Lobo” e “Cinderella” também poderão ser vistos pelos assinante, assim como as produções da Marvel Studios e a saga completa de Star Wars.

Outro destaque ficou para a disponibilidade dos oito episódios da primeira temporada de “The Mandalorian”, série live-action da saga Star Wars que acumula mais de 15 indicações ao Emmy. A segunda temporada será lançada no Brasil ao mesmo tempo que nos Estados Unidos.

Esteais que podem ser esperadas para 2020 e 2021 são “Falcão e o Soldado Invernal” e “Loki”, com enredo que se passa após os eventos de Vingadores Ultimato. Além da série “WandaVision”.


+ Notícias 

Séries no streaming discutem o “novo” capitalismo

Emmy 2020: as séries mais indicadas que você precisa assistir

O entretenimento que traz lições de negócios e de saúde mental






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS