Bradesco lança Bitz e aumenta ofertas de serviços digitais

Com nova empresa, Bradesco entra para o mercado de carteiras digitais e contas de pagamento

A partir desta segunda-feira (14), com o lançamento da Bitz, o Bradesco entra para o mercado de carteiras digitais e contas de pagamento. De acordo com Curt Zimmermann, CEO do Bitz Serviços Financeiros, a novidade vem para complementar a oferta de serviços digitais do banco, que tem como um dos pilares da estratégia a transformação digital.

“Construímos com o Bitz o terceiro pilar da nossa estratégia digital – que se junta ao banco, em si, que vem se transformando digitalmente e cada vez mais trazendo produtos e serviços para a palma da mão dos clientes, e ao Next, o nosso banco digital. A gente acredita que o mercado de carteira digital ainda está no início de seu potencial e nos interessamos muito por entendermos que é uma oferta complementar aos nossos serviços”, diz Curt.

Assim como todas as empresas do grupo, a Bitz, uma conta pagamento de fácil abertura, tem a experiência do cliente como foco das atenções e destino dos principais investimentos – que até o final do primeiro ano de operações devem ser de cerca de R$ 100 milhões. Para universalizar a carteira e permitir que ela seja usada para tudo que o cliente precise durante o dia, há um plano para desenvolver uma rede de integração, criando jornadas integradas – como a inclusão dos cartões Alelo Alimentação e Refeição ou jornadas de estacionamento ou pedágio pela Veloe.

“O mundo se digitalizou em serviços financeiros e o Bitz pode ser uma ferramenta interessante para a gente ter rapidez e muita praticidade nas transações digitais”, afirma o CEO.

A Bitz oferece cartão de débito físico e cartão online. Foto: Divulgação.

Serviços oferecidos

Curt cita benefícios como o cashback, que podem ser usados onde o cliente desejar, e ampla aceitação – em toda a rede cielo e mais de 1,5 milhão de QR Code em estabelecimentos do país – como os principais pontos que agregam valor para o consumidor. Esperando atrair clientes que ainda são desbancarizados, há uma opção de cartão virtual que funciona de forma pré-paga e tem chassi de cartão de crédito, o que permite permite compras no e-commerce e assinaturas de serviços digitais como de streaming.

A facilidade para transações também é contemplada com possibilidade de transferência de Bitz para Bitz a partir da agenda de contatos do celular, pagamentos de boletos online, recarga de celular pelo aplicativo e até uso do cartão para aproximação e entrada na rede de metrôs de São Paulo.

O Bitz também possui soluções voltadas para comerciantes de pequenas e médias empresas.

Chegada do PIX

Novo sistema de pagamentos desenvolvido pelo Banco Central, o PIX deve entrar no ar em novembro deste ano para exatamente facilitar as transações bancárias, trazendo instantaneidade no recebimento do dinheiro e disponibilidade 24 horas. O CEO do Bitz acredita que a tecnologia é uma “oportunidade gigante” para o Bitz funcionar bem. “Hoje em dia a maioria das carteiras oferecidas têm um circuito fechado, eu consigo fazer da própria carteira para carteira uma transferência automática, online, real time. Como o PIX universaliza isso, estamos vendo como uma oportunidade da nossa carteira digital já vir interoperando com todas do mercado em um curtíssimo espaço de tempo. Isso viabiliza o negócio do Bitz”, afirma Curt.

O plano de negócios da nova empresa prevê um crescimento grande, onde, dentro de três anos, deteria entre 20% e 25% do mercado de carteiras digitais brasileiro. Em breve, duas aquisições devem ser anunciadas pela Bitz para complementar a tecnologia ou incorporar uma base de clientes.


+ Notícias 

Pix: nova tecnologia vai acabar de vez com o dinheiro físico?

Como criar métricas de qualidade no atendimento ao cliente

Saúde iD vai criar marketplace para melhorar saúde no Brasil


 






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS
ANUÁRIO Brasileiro de Relacionamento com Clientes

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS