Entenda por que vai ficar mais caro comprar roupas

Alta de demanda e alto preço do algodão deve encarecer produtos nos próximos meses

Roupas devem ficar mais caras nos próximos meses. Foto: Pexels

Após sofrer com o alto preço de alimentos básicos nos supermercados, o consumidor brasileiro deve se deparar também com o aumento do valor das roupas. Isso porque o preço do algodão subiu no campo, encarecendo a indústria, o que deve refletir em aumento dos produtos têxteis.

Produtos da temporada outono/inverno de 2021, já em produção, estão sendo feitos com preços até 40% mais caros do que há um ano.

No começo do ano, quando as medidas de isolamento social foram implementadas, o setor têxtil foi pego de surpresa e praticamente paralisou. Em julho, porém, com a retomada gradual, houve, segundo o IBGE, aumento de 25% nas vendas de tecidos, vestuários e calçados, em relação ao mês anterior. Apesar da parcial recuperação, setor ainda registra queda de 19,75% nos últimos 12 meses.

Demanda reprimida

Segundo a Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil), há uma demanda reprimida entre os compradores de melhores condições financeiras.

Esses consumidores contiveram gastos nos primeiros meses da crise sanitária, mas, com a situação caminhando gradualmente para a normalidade, devem retomar as compras, impulsionados pela volta ao trabalho presencial e a iminente retomada das aulas.

Alto preço do algodão

Como resultado, os empresários precisaram ir atrás de matéria prima em um momento que o algodão está mais caro, pois há poucos insumos disponíveis e menos oficinas funcionando, já que parte considerável teve de fechar as portas devido às consequências da crise.

Por essa combinação de fatores atípicas para o setor, apesar da safra alta, a arroba do algodão pluma subiu 35% em 12 meses até agosto.

Com o dólar ultrapassando a casa dos R$5,00, é mais vantajoso exportar e há menos produto para o mercado interno, reduzindo a quantidade de algodão disponível para a produção.


+ NOTÍCIAS

Vendas do varejo superam expectativas e crescem pelo terceiro mês seguido

Millennials na pandemia: como conquistá-los?

Os 5 principais erros na hora de precificar produtos; saiba como não cometê-los


 






ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS