Crianças em casa: Nescau lança projeto contra o sedentarismo

Atividades online incentivam prática de atividades físicas entre os pequenos durante o período de isolamento social

O isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus  mudou a rotina de milhões de brasileiros. De um dia para o outro, as famílias tiveram que se adaptar a novas rotinas, e as casas passaram a assumir múltiplas funções, como escritório, escola e academia. Quem tem criança em casa precisou lidar não apenas com a nova realidade do homeschooling, mas também com o desafio de entreter os pequenos. Foi pensando nisso que a Nescau, uma das marcas de achocolatado em pó mais conhecidas do País, lançou um novo serviço online do projeto Jogadeira – e trouxe mais valor para a marca.

Nova realidade, novo formato

O projeto Jogadeira foi lançado pela Nescau em 2016, para ajudar no combate ao sedentarismo infantil por meio do fomento ao esporte e ao convívio social entre crianças. No começo, as Jogadeiras eram realizadas aos domingos, em dois pontos da cidade de São Paulo.

Com o passar do tempo, a área de Inovação da Nestlé entrou em cena para formatar um modelo de negócios e ajudar no processo de digitalização, ampliando o número de pessoas atendidas. Foi criada, então, uma plataforma que conecta crianças com professores e recreadores para levar o projeto a condomínios da capital paulista.

Agora, com a rotina de isolamento, foi criado um serviço com atividades físicas, aulas e brincadeiras online, para garantir que as crianças continuem ativas, mesmo dentro de casa. A programação é voltada para a faixa etária de 7 a 12 anos, e as aulas são transmitidas via Zoom. “O projeto foi desenhado no modelo de serviço, para colocar jovens em movimento, com impacto escalável e também social. Todo o lucro é destinado a desenvolver esporte e infraestrutura nas periferias de São Paulo atendidas pelo Instituto Gerando Falcões”, diz o head de Inovação e Novos Modelos de Negócios da Nestlé Brasil, Bruno Oliveira.

Criatividade em pauta

A metodologia e as atividades são desenvolvidas pelo Instituto Esporte & Educação, e visam o desenvolvimento da criança em aspectos de liderança, alfabetização esportiva, criatividade, respeito e avaliação crítica.   “As crianças brincam de maneira dinâmica ao mesmo tempo em que abordam temas relevantes para o seu universo, como obesidade infantil e bullying”, diz Oliveira.

Foi lançada, também, uma série com oito e-books gratuitos com atividades esportivas que podem ser praticadas entre pais e filhos. Eles estão disponíveis no site do projeto, e trazem sugestões de atividades para cada dia da semana, como boliche de rolinhos de papel higiênico, tiro ao alvo, bola ao cesto e futebol de caixa de sapato.

Os novos pacotes incluem aulas com uma hora de duração, duas vezes por semana. Os pais podem optar pelo pacote mensal (R$59,90) ou trimestral (R$149,70).


+ Notícias 

Brasileiros adotam hábitos conscientes e priorizam a economia local

Veja algumas práticas e ações de empresas solidárias na pandemia

Entenda a importância do empreendedorismo periférico






ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS