Itaú anuncia serviço de compartilhamento de carros elétricos

Fase de testes da vec Itaú começará em São Paulo no primeiro semestre de 2021 com veículos da Jaguar e da BMW

O Itaú Unibanco terá mais um serviço de mobilidade sustentável. Após investir nas bikes compartilhadas e ver o projeto dar certo, o banco anunciou o vec Itaú, um serviço de compartilhamento de carros elétricos que deve entrar em fase de teste no primeiro semestre de 2021 na cidade de São Paulo. Os veículos utilizados na frota serão dos modelos Jaguar I-Place, BMW i3 e JAC iEV 40.

A ideia é que o vec Itaú funcione de forma parecida com a Bike Itaú. Haverá estações de carregamento espalhadas pela cidade e, por meio do aplicativo baixado no celular, as pessoas poderão desbloquear o veículo, usá-lo e devolvê-lo em qualquer uma das estações. O valor do serviço ainda não foi informado, mas deve ser proporcional ao tempo de uso somado a uma taxa fixa inicial.

A novidade do Itaú vem no momento em que os consumidores, com medo da contaminação pelo novo coronavírus, estão evitando aglomerações em transportes públicos. Uma pesquisa do Ibope Inteligência, realizada em Julho, mostrou que, em São Paulo, 30% das pessoas pretendem usar menos ônibus e 27% menos trem e metrô. Além disso, ficando mais tempo em casa, muitas famílias começaram a se questionar se realmente vale a pena manter um carro na garagem com todos os custos envolvidos.

Depois da fase de testes, o Itaú pretende disponibilizar o serviço de compartilhamento de carros elétricos para toda a população de São Paulo, cliente ou não do banco. Isso deve acontecer no segundo semestre de 2021. A expansão para outras capitais do País está nos planos do banco.


+ Notícias 

Volkswagen lança plano de aluguel de carros

Turismo local: cresce a procura por aluguel de carros

Carrefour Brasil atribui integração omnicanal a alta de 73% no lucro






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS