CEO do Assaí faz análise sobre respeito ao cliente em ano insólito

Belmiro Gomes, CEO do Assaí, revela sua visão sobre respeito ao cliente e comenta sobre as expectativas para o próximo ano

Ao longo de 2020, todos os segmentos de mercado passaram por imensos desafios. Ao mesmo tempo, muitos deles colaboraram com a qualidade de vida do consumidor, apesar de todos os percalços do ano – desde os imprevistos na economia até a pandemia de COVID-19. O atacarejo foi um dos segmentos essenciais que ganharam relevância nesse cenário. O principal exemplo nesse sentido é o Assaí, que foi destaque no segmento de Atacado no estudo que avalia o respeito ao cliente.

A companhia, que cresceu 33,4% no terceiro trimestre de 2020 em comparação com o mesmo período de 2019, desenvolveu diferentes iniciativas para apoiar consumidores e parceiros na pandemia. Por exemplo, reduziu os custos de produtos para aqueles que os revenderiam no delivery, com a intenção de colaborar com o parceiro, como contou Belmiro Gomes, CEO da empresa, à Consumidor Moderno. Ele ressaltou também o impacto de recursos como o auxílio emergencial e a liberação de quantia do FGTS. “O público que trabalha de maneira informal, que ia ao supermercado frequentemente, teve a oportunidade de realizar uma compra grande pela primeira vez e, com isso, entendeu o valor do canal de atacarejo”, disse.


SÉRIE RESPEITO

Em 2020, a Consumidor Moderno traz a Série Respeito, que reúne as melhores práticas das empresas, tendências e percepções sobre o respeito ao cliente, de maneira exclusiva e inédita, obtidos a partir do estudo que dá origem ao Prêmio Empresas que Mais Respeitam o Consumidor.


Em vídeo, o CEO fala sobre respeito ao cliente e comenta o contexto atual. Confira


QUER SABER MAIS?


 






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS
ANUÁRIO Brasileiro de Relacionamento com Clientes

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS