O que será tendência no mercado B2B no próximo ano, segundo a Embratel

A empresa compartilhou seu know-how com a Consumidor Moderno e antecipou as principais tendências. Saiba o que esperar

A Embratel comemora mais um trimestre de resultados positivos. O crescimento relevante dos serviços de TI representou alta de 23,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os destaques de seu portfólio foram as soluções para cloud, com 237,6% de crescimento; voz avançada, com aumento de 33,4%; e telemetria/IoT, em percentual 19,3% maior que no ano anterior.

Segundo análise do IDC Brasil, líder em inteligência de mercado, a Embratel ocupa a sétima posição no setor de Tecnologia da Informação e Comunicação, sendo a única empresa de Telecom na lista das TOP 10.

Retomada

Segundo Marcello Miguel, diretor-executivo de Marketing e Negócios da companhia, entre março e abril, a pandemia desaqueceu o mercado de aquisição de tecnologia e inovação, “reflexo do fator surpresa da incerteza do futuro, que colaborou para que empreendedores colocassem a mão no freio como alternativa para cortar custos de forma emergencial”, afirma.

Passados alguns meses, com as empresas já mais seguras do que estaria por vir, o cenário mudou em frentes diversas. Por isso, para nos preparar para 2021, a companhia compartilhou seu know-how com a Consumidor Moderno e antecipou as principais tendências que tornarão mais brandas as relações no universo B2B.


+ NOTÍCIAS

Como a pandemia de Covid-19 mudou o futuro das grandes cidades

Novos comportamentos do consumidor no pós-pandemia

Anormalidade como regra ou normalidade desregrada?


 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS