10 filmes que devem ser os destaques no cinema em 2021

Apostando que as exibições de filmes devem voltar ao normal no próximo ano, grandes estúdios cinematográficos jogam adiante seus principais lançamentos

Teremos cinema em 2021? Essa é a pergunta da vez para a indústria do entretenimento, que foi chacoalhada como nunca antes pela chegada da pandemia de Covid-19. Filmagens canceladas, audiências trancadas em casa e datas de lançamento alteradas diversas vezes fizeram parte do dia a dia de quem trabalha com produção cinematográfica. O próprio confinamento intermitente de pessoas em diversas cidades do mundo – com destaque para os Estados Unidos, onde as bilheterias sempre ditam a dinâmica do desempenho dos filmes – fez com que salas de cinema fechassem. Ou mal conseguissem abrir novamente entre um respiro e outro das restrições de mobilidade.

Teve estúdio que insistiu em fazer lançamento mundial, na tela grande, mesmo em meio à pandemia. Um deles foi a Warner Bros, que colocou em jogo a aguardada película de ficção científica “Tenet”, em uma estreia no mês de agosto. Dirigida por de Christopher Nolan, o mesmo de sucessos como “A Origem” e “Batman – O Cavaleiro das Trevas”, o longa-metragem era bastante aguardado pelo fãs do diretor e do gênero. Mas… flopou. A bilheteria estimada até o momento é de 300 milhões de dólares. Menos da metade do que “A Origem” arrecadou, por exemplo, e um terço do que “Batman” fez em ingressos.

Se a vacina chegar de vez em boa parte dos países, pode ser que 2021 fique marcado como o ano com o maior volume de estreias no cinema dos últimos tempos, já que diversas produções migraram deste ano para esse futuro incerto. Aqui vão os destaque do que nos aguarda nas salas de cinema, quando a pipoca e a presença nesses locais estiver liberada sem risco de contaminação. Tem estreias para todos os gostos (sujeitas a mudanças):

1. “007 – Sem Tempo Para Morrer”

O último filme do agente secreto britânico que tem Daniel Craig interpretando James Bond é um dos mais aguardados de todos os tempos da franquia. A produção distribuída pela Universal teve dois adiamentos em 2020 antes de ser arremessada de vez para o ano seguinte.

Na trama, Bond deixa sua “aposentadoria” isolado na Jamaica para combater um novo gênio do mal, desta vez interpretado por Rami Malek (ator que viveu Fred Mercury em “Bohemian Rhapsody”). Trata-se da 25ª edição das aventuras do oficial do MI-6 e na qual o roteiro irá inserir uma agente secreta mulher para ficar com a “licença para matar” de Bond quando ele sair de vez de cena – papel da atriz Lashana Lynch. Já imaginou se o próximo 007 for uma mulher negra? A previsão de estreia é para abril de 2021.

2. “Viúva Negra”

Na onda de Capitã Marvel e até mesmo de “Mulher-Maravilha”, a saga solo da heroína de quadrinhos interpretada por Scarlett Johansson foi mais uma postergada de 2020 para o futuro próximo. Para conquistar um público feminino forte, além de Johansson, o filme conta om as presenças de Florence Pugh e Rachel Weisz no elenco, e da diretora Cate Shortland.

O espectador conhecerá a trajetória pessoal de Natasha Romanoff (Scarlett Johansson), que foi preparada pela KGB (o serviço secreto soviético) para ser uma de suas melhores agentes. Mas, quando a União Soviética acaba, o próprio governo tenta matá-la como queima de arquivo e ela se muda para Nova York, onde passa a trabalhar por conta própria. Previsão de estreia em maio de 2020.

Filme de ficção-científica é muito aguardado para 2021. Foto: Divulgação.

3. “Dune”

A mais aguardada ficção-científica do ano tem como protagonista o ator do momento – o jovem Timothée Chalamet – e o diretor do momento, o canadense Denis Villeneuve. Foi ele o responsável pela continuação do clássico “Blade Runner”, de Ridley Scott, com o filme “Blade Runner 2049”, estrelado por Ryan Gosling. Villeneuve também é o diretor do thriller extraterrestre “A Chegada”.

“Dune” é uma adaptação de um livro homônimo de 1965. Ambientando em um “futuro distante”, uma droga que prolonga a vida, melhora o raciocínio humano e é capaz de fazer viajar no tempo é disputada por líderes poderosos. Indicado para quem gosta de naves espaciais, traições e perseguições interestelares. Previsão de estreia em outubro de 2021.

4. “Gucci”

Um dos mais aguardados de 2021, o longa-metragem é praticamente um acontecimento, em se tratando dos nomes do elenco: Lady Gaga, Adam Driver, Jared Leto, Al Pacino. Na direção está o veterano Ridley Scott e a narrativa mostra um pouco dos escândalos por trás da marca de luxo italiana, mais precisamente do assassinato de Maurizio Gucci, herdeiro da grife, encomendado por sua ex-mulher, Patrizia Reggiani. Após 19 anos do crime, Patrizia vive em liberdade por já ter cumprido sua condenação. Previsão de estreia em novembro de 2021.

5. “The French Dispatch”

A fábula de Wes Anderson é mais uma que deve movimentar bilheteria por conta também de seu elenco estelar. Na telona estarão Timothée Chalamet (novamente ele), Saoirse Ronan (a protagonista do recente “Mulherzinhas”), Elisabeth Moss (a protagonista da série “The Handmaid’s Tale), além de Bill Murray, Léa Seydoux, Edward Norton, Tilda Swinton, Jason Schwartzman e Willem Dafoe.

A história principal segue meio misteriosa até o momento: narra o dia a dia de grupo de jornalistas americanos correspondentes numa cidade fictícia do interior da França no século 20. Ainda sem mês fechado para a estreia em 2021.

6. “Nomadland”

Vencedor do prêmio Leão de Ouro em Veneza, este ano, o drama estrelado pelo Frances McDormand deve chamar a atenção de quem gosta deste tipo de produção. Até porque ela faz ecos com a crise econômica que se vive agora por causa da Covid-19.

Você deve lembrar de Frances como a ganhadora do Oscar pelo filme “Três Anúncios para um Crime”, de 2017. Na trama, já lançada em alguns países, acompanhamos a trajetória de Fern, uma mulher sem dinheiro que vive perambulando pelo interior dos EUA em sua caminhonete-trailer. O filme pretende retratar a vida dessas pessoas que não têm casa e vagam com seus motor-home em busca de emprego. Curiosidade: o filme é  dirigido por uma cineastra chinesa, Chloé Zhao, radicada nos Estados Unidos. Previsão de estreia em fevereiro de 2021.

7. “Velozes e Furiosos 9”

Velozes e Furiosos 9 é outro filme que pode estrear nas telonas em 2021. Foto: Divulgação.

Uma das maiores franquias de filmes de ação de todos os tempos, “Fast and Furious” também saiu de 2020 para conquistar seu espaço na grade do ano seguinte por conta da pandemia. Sabe-se quase nada sobre o roteiro, a não ser que nem todos os atores principais foram escalados nessa produção. Estarão Vin Diesel, Michelle Rodrigues e Charlize Theron. Já Jason Statham ou Dwayne Johnson ficaram de fora. Previsão de estreia em maio de 2021

8. “Top Gun: Maverick”

Uma dupla de sucesso nos anos 90 volta às telas nesse revival de um clássico de ação do passado recente do cinema. “Top Gun”, que catapultou a carreira do jovem Tom Cruise, trará de novo o ator na companhia de Val Kilmer. Além deles, Jennifer Connelly também integra a trama, que conta como o piloto Pete “Maverick” Mitchell, papel de Cruise, vai participar de um curso na Navy Fighter Weapons School após seu amigo abandonar a aviação de caça. É uma continuação do primeiro filme. Previsão de estreia em julho de 2021.

9. “Minions 2: The Rise of Gru”

Entre os infantis, uma das maiores esperas se dá pela produção “Minions 2”, da Universal, uma franquia que já arrecadou mais de US$ 1,1 bilhão com os filmes “Meu Malvado Favorito” 1, 2 e 3 desde 2010. Sobre o atual roteiro não há muitas informações, mas suspeita-se que os minions terão maior destaque desta vez, junto com Gru. Previsão de estreia em julho de 2021.

10. “Amor, Sublime Amor”

A nova adaptação deste clássico do cinema tem no comando Steven Spielberg e é inspirada na obra “Romeu e Julieta”, de William Shakespeare. Mas o musical ficou famoso em 1961, quando seus protagonistas eram a jovem Natalie Wood e Richard Beymer. Mostra o amor de dois jovens que vêm de gangues diferentes de Nova York. Previsão de estreia em dezembro de 2021.


+ Notícias 

Mercado do xadrez ferve com o sucesso de “O Gambito da Rainha”

Zac Efron viaja o mundo para mostrar cases de sustentabilidade em documentário 






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS
ANUÁRIO Brasileiro de Relacionamento com Clientes

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS