Veículos movidos a hidrogênio são aposta para transportes mais sustentáveis

Parceria entre grandes empresas do setor automotivo pretende criar condições para a introdução do transporte de hidrogênio em massa na Europa

A preocupação com o meio ambiente e a emissão de CO2 na atmosfera é cada vez maior. Não à toa, os automóveis híbridos e elétricos estão ganhando espaço nos mercados ao redor do mundo. E a indústria tem investido em aprimorar as opções mais sustentáveis e inovar, buscando fontes de energia renováveis para substituir o uso da combustão. Uma opção que vem se destacando é a dos veículos movidos a hidrogênio.

Paulo Sergio, engenheiro e professor orientador da Equipe B’energy Racing Facens, explica que as tecnologias ligadas ao hidrogênio tinham custo elevado e eram usadas somente em foguetes ou em usinas geradoras de eletricidade. Mas, com o avanço da tecnologia, o custo tem reduzido, tornando a fonte de energia mais competitiva. Isso tem despertado o interesse no setor automotivo.

Iniciativa promissora

Nesse sentido, a Daimler Truck AG, a IVECO, a OMV, a Shell e o Grupo Volvo firmaram a parceria H2Accelerate (H2A), na qual se comprometem a trabalhar juntos para criar condições para a introdução do transporte de hidrogênio em massa na Europa.

“As empresas participantes da iniciativa concordam que os caminhões movidos a hidrogênio serão a chave para permitir o transporte livre de CO2 no futuro. Esta parceria sem precedentes é um marco importante para impulsionar as condições estruturais corretas para o estabelecimento de um mercado em massa para caminhões baseados em hidrogênio. É também uma chamada à ação para os governantes, demais envolvidos e para a sociedade como um todo”, afirma Martin Daum, CEO da Daimler Truck AG.

A introdução em massa dos veículos movidos a hidrogênio deverá criar novas indústrias. Alguns exemplos são: instalações de produção de hidrogênio livres de emissões de carbono, sistemas de distribuição de hidrogênio de grande escala, entre outras.

Entre os objetivos da parceria H2A está a ativação sustentável e rápida de um mercado de transportes rodoviários de longo percurso com zero emissões. Outras empresas do setor também investem no hidrogênio para automóveis de passeio. Este pode ser o combustível do futuro.


+ Notícias 

Como a Geração Z está mudando a relação com a mobilidade urbana 

Itaú anuncia serviço de compartilhamento de carros elétricos 






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS
ANUÁRIO Brasileiro de Relacionamento com Clientes

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS