Habilidades essenciais para se recolocar no mercado de vendas em 2021

Mudanças no comportamento do consumidor exigem vendedores cada vez mais empáticos e atentos às novas exigências do mercado

A crise causada pela pandemia do novo coronavírus deixou os consumidores ainda mais exigentes, e evidenciou a necessidade de os varejistas proporcionarem atendimento personalizado e de criar conexões reais com seus públicos. Com a digitalização acelerada e a presença cada vez maior dos algoritmos na jornada do cliente, os vendedores precisam desenvolver alguns comportamentos-chave para se destacar.

Veja quais são as habilidades essenciais, de acordo com a CEO da Posiciona Educação e Desenvolvimento, Carol Manciola, para se diferenciar no mercado de vendas.

Habilidade Comportamental

Nos dias de hoje, os vendedores precisam ser capazes de equilibrar diferentes comportamentos em meio a imprevistos e dificuldades que possam vir a enfrentar. “Atuar com pensamento crítico e criatividade ajuda a desenvolver uma comunicação clara e objetiva e amplia a capacidade de resolver problemas, além de oferecer ofertas bem empacotadas e conectadas ao perfil do consumidor”, explica Manciola.

Segundo ela, o desenvolvimento de habilidades comportamentais depende de alguns fatores, como entender as motivações do cliente, o que determinado produto pode trazer de bom para ele e ser capaz de traduzir tudo isso de acordo com seus desejos e necessidades.

Leia também: Como a inteligência emocional pode mudar a sua vida 

Empatia

Empatia também é uma característica fundamental para vendedores que desejam se recolocar no mercado de trabalho. “Falar de empatia parece algo meio batido, mas é aí que mora a essência da venda”, reforça Manciola. Quando se trata de vendas, ser empático vai muito além de se colocar no lugar do outro.

De acordo com Carol, é preciso estar preparado para fazer jus à confiança que o cliente deposita na loja ao se deslocar até ela. Para isso, é essencial respeitar as diferenças, não fazer julgamentos e evitar tomar decisões precipitadas. “Assim como a academia, tem que ser uma prática diária. Comece aos poucos, mate algumas crenças, destrave-se. Não é fácil desenvolver esses comportamentos, mas é salutar para se manter competitivo nos tempos atuais”, destaca.

Alfabetização Digital

Independente do nível hierárquico ou da área de atuação, todo profissional deve ter um conhecimento atualizado e constante sobre soluções tecnológicas que auxiliam na personalização do atendimento e relacionamento. “Além disso, se ligue nos termos da ‘moda’: plataformas, e-business, e-commerce, omnichannel, criptomoedas, blockchain. Entenda o que eles significam e como impactam a vida dos seus clientes”, diz Manciola.

Autoconhecimento

Segundo a especialista, o autoconhecimento é a ferramenta chave para entender suas qualidades e identificar os aspectos que precisam ser desenvolvidos para obter melhores resultados. “O autoconhecimento é fundamental para todos os tipos de relacionamento, e para o profissional de vendas que quer se destacar, não é diferente. Por exemplo, ao perceber que o estilo de comunicação do outro é diferente do seu, você pode fazer algumas concessões para estabelecer relações emocionalmente mais inteligentes”, conclui.


+ Notícias 

5 tendências que vão movimentar o comércio eletrônico em 2021 

Não conquiste apenas uma venda, crie fãs para a marca 






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 261: O respeito ao cliente é o caminho para 2021

Anuário: A omnicanalidade em todo lugar

CM 260: Conarec 2020 e sua imersão em experiência em um mundo antinormal

VEJA MAIS