2021 será o ano de viagens com significados, diz Airbnb

Relatório do Airbnb mostra que primeiras viagens pós-pandemia serão para visitar pessoas amadas ou criar memórias significativas

Foto: Shutterstock

Faz mais de um ano que o mundo busca soluções para lidar com o novo coronavírus. Boa parte desse tempo as pessoas passaram dentro de casa, em isolamento social, e viram a rotina ser alterada de forma drástica. Uma atividade afetada diretamente foi a de viajar, seja a trabalho ou a lazer. Mas, agora, com o início das vacinações contra a Covid-19, já é possível pensar em retomada.

Sonhando com poder se deslocar livremente, as pessoas estão planejando viagens com significados para 2021. É o que afirma um relatório divulgado pelo Airbnb: “as primeiras viagens pós-pandemia serão para visitar pessoas amadas, ou para voltar às raízes e criar memórias significativas”.

Brian Chesky, cofundador e CEO do Airbnb, acredita que as pessoas farão essas viagens assim que se sentirem seguras. “A viagem será vista como um antídoto para o isolamento e a falta de conexão. Normalmente, as pessoas não perdem a oportunidade de conhecer pontos turísticos ou destinos da moda. Mas a viagem de massa é apenas uma forma diferente de isolamento – você é um anônimo cercado por outros viajantes. O que as pessoas querem das viagens agora é o que foram privadas por um longo tempo: passar tempo ao lado da família e dos amigos”, diz.

Leia também: O que podemos esperar do turismo no Brasil? 

Com base em pesquisas e dados internos, o Airbnb listou as tendências em relação às viagens em 2021. Confira os principais pontos.

Viagens de negócios serão diferentes

Na pesquisa feita pelo Airbnb, mais de 1/3 dos respondentes esperam ter que viajar menos a trabalho depois da pandemia. A empresa acredita que as viagens de negócios serão de trabalhadores saindo de onde moram para se reunir em seus locais de trabalho esporadicamente, afinal, com a possibilidade do trabalho remoto, muitas pessoas estão mudando de cidade ou se tornando nômades digitais.

Preferência por distâncias curtas

As viagens domésticas são a consideradas a melhor opção para 56% dos respondentes da pesquisa, enquanto apenas 21% desejam fazer viagens internacionais. Isso é explicado pela preferência de realizar o percurso de carro ao invés de pegar um avião. Esse sentimento ainda é resultado da insegurança trazida pela pandemia.

Falta de interesse por destinos populares

Outro efeito da pandemia é o desejo de evitar multidões e destinos muito populares. O maior interesse está continuará em locais mais isolados, o que pode ser visto em 2020, quando as opções de destinos mais calmos perto de grandes cidades passaram a receber grande demanda.

O Airbnb afirma que em 2019, as estadias mais procuradas estavam em Barcelona, Lisboa, Londres, Los Angeles, Madrid, Nova Iorque, Paris, Roma, Seul e Toronto. Nas buscas para reservas em 2021, o cenário é outro: entre os destinos de maior interesse estão Derbyshire, Reino Unido; Rodanthe, Califórnia; Forks, Washington; e Muskoka Lakes, perto de Toronto.

Viagens acessíveis e seguras

Em um momento de incertezas econômicas, economizar na viagem se tornou mais importante até do que os protocolos de saúde e segurança, que ficam 10 pontos atrás na pesquisa do Airbnb. Tal comportamento deve se estender por alguns anos.

Mas isso não significa que a segurança não seja importante. Para considerar viajar para um destino, 1/3 das pessoas disseram que a maioria das pessoas locais precisam estar vacinadas.

Sustentabilidade ganha importância

Os consumidores estão se preocupando cada vez mais com o meio ambiente e as causas sociais, e vêm cobrando as marcas nesse sentido. Na hora de viajar não será diferente. 56% dos respondentes menores de 50 anos disseram que tendem a usar mais plataformas que oferecem a possibilidade de pesquisar acomodações que usem energias alternativas, por exemplo. Entre os acima de 50 anos, a porcentagem diminui para 28%.


+ Notícias 

Dating Burnout: entenda o fenômeno que acomete cada vez mais solteiros 

Como funcionará o mundo em 2021? Veja as principais apostas 






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 262: O consumidor é phygital

CM 261: O respeito ao cliente é o caminho para 2021

Anuário: A omnicanalidade em todo lugar

VEJA MAIS