Como as marcas estão se transformando para acompanhar o mercado

Mudanças trazidas pela pandemia estão exigindo novas posturas das marcas para que consigam se manter vivas e relevantes

Foto: Shutterstock

2020 foi um ano de muitas mudanças para todos os setores da economia. A crise causada pela pandemia do novo coronavírus trouxe não apenas desafios, mas também aprendizados. Com a nova realidade imposta pelo mundo, muitas marcas precisaram se reinventar para enfrentar este novo cenário que se apresenta, ainda com muitas incertezas e com consumidores cada vez mais exigentes.

Para sobreviver a 2020 e seguir firmes em 2021, as marcas tiveram que buscar novas inspirações e repensar seu planejamento estratégico, se adaptando à nova realidade e tendo sempre em mente o que os consumidores esperam. Veja o que está sendo feito nesse processo de transformação para acompanhar o mercado.

Foco no consumidor

Um e-book lançado recentemente pela Kantar trouxe algumas resoluções para as marcas para este ano. De acordo com o documento, em tempos de incerteza como o que estamos vivendo, as pessoas buscam, antes de tudo, por territórios firmes, onde podem se sentir seguras e protegidas. Sendo assim, as marcas têm a oportunidade de ser uma garantia de confiança, na medida em que atendem às necessidades e cumprem suas promessas básicas.

Leia também: As novas formas de demonstrar apoio ao cliente 

Para isso, é essencial que elas  saibam como adaptar sua oferta e administrar as experiências dos consumidores. A startup Eats for You, por exemplo, apostou nesse caminho para driblar a crise no ano passado. A empresa, que se consolidou com um modelo de retirada de marmitas em pontos específicos, normalmente centros comerciais, passou a trabalhar com sistema de delivery, levando suas marmitas caseiras até os consumidores.

“A pandemia nos trouxe grandes transformações, principalmente no modelo de comercialização da startup. Nosso principal foco é o trabalhador brasileiro, que após a pandemia começou a  trabalhar de casa, e por isso tivemos que criar novas estratégias para chegar até ele”, conta Nelson Andreatta, fundador e CEO da Eats for You.

Entre os principais desafios que a empresa enfrentou nesse processo, estão o reconhecimento de novos hábitos do consumidor e a otimização da operação, que ficou ainda mais delicada em meio à pandemia. O engajamento de todo o time da Eats for You, segundo Andreatta, foi fundamental para o sucesso das mudanças. “Toda crise gera aprendizados, amadurecimento, seguimos firmes em nosso propósito de construir um negócio capaz de impactar milhares de pessoas”, diz.

Inovação e agilidade

O documento da Kantar destaca ainda a importância da criatividade e da inovação para que as marcas se mantenham vivas e relevantes, impulsionando, assim, sua rentabilidade. A criatividade deve ajudar a marca a transmitir melhor seu propósito, o que ela resolve e por que desempenha um papel determinante.

Outro ponto importante destacado pelo e-book é a importância cada vez maior de as empresas conseguirem inovar com rapidez. Foi o que fez a Eats for You, ao adotar novos canais de comercialização em meio à pandemia. Apesar do desafio que a mudança trouxe, os resultados foram positivos e devem colaborar para que a marca siga crescendo este ano.

Por fim, o desejo de se diferenciar em um ambiente saturado, segundo o relatório, fará com que as marcas compartilhem cada vez mais suas opiniões e se envolvam crescentemente na arena das políticas públicas e ações sociais, como fez a Eats for You com o lançamento da ação de Foodbank. “Em parceria com a população e grandes empresas, conseguimos levar milhares de refeições à população em situação de rua de São Paulo, reafirmando nosso posicionamento de uma startup de alto impacto social”, conclui Andreatta.


+ Notícias 

As estratégias da Azul para manter os clientes por perto durante a pandemia 

Como melhorar a experiência do cliente usando tecnologia 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS