DPDC quer explicações de empresas de telecomunicações sobre megavazamento de dados

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, da Senacon, enviou ofícios para Oi, Vivo, Tim e Claro sobre o vazamento de mais de 100 milhões de contas de celular

Crédito: Pixabay

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), acaba de enviar notificações às quatro grandes operadoras de telefonia do Brasil (Oi, Vivo, Claro e Tim) com o objetivo de apurar o suposto vazamento de dados de mais de 100 milhões de contas de celular.

A Secretária Nacional do Consumidor, Juliana Oliveira Domingues, falou sobre a preocupação com o vazamento de milhões de brasileiros. “Nos preocupa o aumento de incidentes que envolvem compartilhamento indevido de dados de milhares de consumidores. A Senacon está apurando todas as denúncias e atuando ex officio (ou seja, diretamente) em todo os casos suspeitos e reportados”.

A Senacon apura se entre os supostos dados vazados, estariam informações sensíveis dos consumidores, como a duração das ligações, número de celular, dados pessoais (RG, CPF, CNPJ, e-mail, endereço), detalhes sobre o pagamento da fatura (atraso no pagamento, valor da fatura, dívidas) e outros.

As empresas deverão se manifestar em 15 dias, a contar do recebimento da notificação, no âmbito da Averiguação Preliminar aberta pela Senacon para investigação do caso.


+ Notícias

Após acordo com o Procon, Samsung afirma que terá carregador para o Galaxy S21

O que é o superendividamento do consumidor?






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 262: O consumidor é phygital

CM 261: O respeito ao cliente é o caminho para 2021

Anuário: A omnicanalidade em todo lugar

VEJA MAIS