5 caminhos para CEOs construírem transparência nas empresas

Tornar uma empresa transparente quanto as suas motivações e ações requer uma mudança de cultura; veja como fazer isso

Foto: Pexels

Ser transparente com todos aqueles que estão envolvidos no seu negócio reflete em tudo: desde os investimentos diretos até o seu consumidor, que está cada vez mais exigente quanto ao que consome. Por isso, a transparência nas empresas é tema que ganha importância no mundo dos negócios.

De acordo com uma pesquisa da PwC, empresa de consultoria e auditoria para negócios, a pandemia escancarou a responsabilidade que as empresas têm com a sociedade e com o meio ambiente, tornando esses valores importantes também para seus clientes e outros stakeholders.

Entretanto, a busca por essa transparência nas empresas exige esforço e mudanças de toda a cultura do local. Para ajudar nisso, a PwC mostrou a importância de acrescentar a honestidade como valor da empresa e mostrou 5 caminhos importantes. Acompanhe.

A importância da transparência nas empresas

A transformação digital trouxe inúmeras mudanças de comportamento em toda a sociedade, sendo uma delas o maior número de informações circulando de forma livre entre os consumidores.

Mais informadas, as pessoas se debruçaram para entender processos e buscam entender como seu consumo faz parte da sociedade. O resultado disso: um público cada vez mais exigente quanto à sua participação no meio social.

E isso, claro, é transferido para seus hábitos de consumo e de trabalho. Empresas transparentes e com participação ativa em movimentos de ESG (preocupados, de forma geral, com o meio ambiente e a sociedade) ganham destaque em um momento em que a honestidade se tornou valor inegociável.

Por isso, ao investir em processos de transparência nas empresas, os negócios têm muito a ganhar. Confira alguns benefícios:

  1. Gestão mais respeitada: quando os gestores tomam medidas de transparência dentro da empresa, o trabalho passa a ser mais respeitado por toda a equipe e o fluxo de atividades se torna mais eficiente e sustentável;
  2. Confiança entre stakeholders: transparência transmite confiança. Quando colaboradores, investidores e consumidores veem medidas sendo tomadas nesse caminho, tendem a confiar mais no trabalho daquele negócio;
  3. Motivação para o trabalho: trabalhar em um local que vai ao encontro de valores pessoais gera mais motivação e torna o ambiente profissional muito mais eficiente, impulsionando o negócio;
  4. Retenção de talentos: estudos mostram que empresas transparentes com seus colaboradores conseguem reter muito mais talentos dentro do seu quadro, já que se vão ao encontro dos valores de seus funcionários;
  5. Melhora da reputação para o público: transparência nas empresas é um valor que veio para ficar. Por isso, o público enxerga de forma positiva negócios que incentivam essas medidas e colocam em prática aquilo que pregam.

De acordo com o estudo da PwC, a transparência nas empresas tem efeitos principalmente entre o público e consumidores. Hoje, é esperado que os negócios, dos pequenos aos grandes, mostrem preocupação sobre o que acontece no mundo em diversos âmbitos.

Deixar isso claro ajuda, inclusive, na construção da reputação da empresa na visão do público, o que aumenta seu valor na sociedade e impulsiona seu crescimento.

5 maneiras de construir a transparência nas empresas

Tornar uma empresa transparente quanto as suas motivações e ações não é uma tarefa fácil. Nem é algo que acontece da noite para o dia. Segundo especialistas da PwC no estudo, é preciso que ocorra uma mudança na cultura da empresa, no formato de trabalho dos colaboradores e, também, na visão que os investidores têm do seu negócio.

Por isso, a consultoria indicou 5 maneiras de construir essa transparência. São elas:

1. Envolva o conselho da empresa

Uma gestão transparente começa do topo. São gestores e investidores os responsáveis por começar esse movimento dentro das empresas e mostrar a importância disso tanto para os colaboradores quanto para o público.

Por isso, na tomada de decisões, envolva todo o time indicado para elaborar mudanças. Quando todos participam, os objetivos ficam muito mais claros e o nível de confiança aumenta.

“A confiança surge quando as partes interessadas estão convencidas de que você está genuinamente comprometido com a criação de valor sustentável – tanto financeiro quanto não financeiro”, afirma o material.

2. Conheça sua estratégia

Quando se fala em transparência, muitos podem pensar que é preciso deixar tudo claro o tempo todo. Na verdade, isso pode levar até mesmo a um ambiente desorganizado, com informações circulando, mas não de forma clara.

De acordo com os especialistas, o importante mesmo é saber quais informações têm maior relevância para o público interno e externo e organizá-las de acordo com grau de importância dentro do esquema de trabalho da empresa.

“O que as partes interessadas estão exigindo é transparência sobre o que importa – não transparência sobre cada canto e recanto de seu negócio”, ressalta o relatório.

3. Pense em sistemas, não em normas específicas

Um dos pontos mais importantes da transparência nas empresas é a capacidade de coletar e relatar dados de forma eficaz. Assim, é possível ter uma visão global do caminho trilhado pela empresa em busca do objetivo final.

De acordo com o relatório, reunir os dados não tem relação apenas com o que será divulgado sobre a empresa para o público interno e externo, mas também serve como uma forma de analisar métricas e informações.

Por isso, mais importante do que seguir normas e padrões que comprovem a transparência da empresa, é preciso investir em sistemas que permitam uma análise mais aprofundada nas questões de transparência.

4. Trate as informações com o mesmo rigor das finanças

O setor financeiro de qualquer empresa precisa ser organizado e transparente. Por isso, consegue analisar métricas e resultados de forma muito mais fácil.

O que a PwC indica é que todos os dados relevantes sejam tratados com a mesma importância que o setor financeiro. Informações não-financeiras têm o mesmo valor que dados monetários dentro de uma empresa.

A sinergia de todos os setores é o que torna a busca pela transparência algo mais facilitado tanto para o trabalho interno quanto externo.

5. Use o digital a seu favor

Graças às transformações digitais, ter transparência nas empresas tornou-se algo muito mais facilitado, já que é possível disponibilizar essas informações de forma rápida e segura para que terceiros possam verificá-las e utilizá-las.

“Os consumidores já usam aplicativos de agregação para entender as empresas enquanto fazem compras – no futuro, esses aplicativos trarão não apenas comentários, mas também informações objetivas coletadas de fontes digitais. As empresas que não podem fornecer isso sofrerão comercialmente”, explica o relatório.

A transparência nas empresas é um valor que chegou para ficar. Segundo a PWC, ter um negócio transparente é essencial para o relacionamento entre empresas e consumidores e não pode ser ignorado.


+ Notícias 

Como as marcas estão se transformando para acompanhar o mercado 

As novas formas de demonstrar apoio ao cliente 






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 261: O respeito ao cliente é o caminho para 2021

Anuário: A omnicanalidade em todo lugar

CM 260: Conarec 2020 e sua imersão em experiência em um mundo antinormal

VEJA MAIS