Via Varejo inclui veículos elétricos em suas operações logísticas

Iniciativa faz parte de plano ESG que inclui novos veículos e tecnologias para a otimização da gestão logística

Fonte: Unsplash

A Via Varejo está colocando veículos elétricos para circular em suas operações logísticas como parte de seu plano de ESG. As vans e caminhões com capacidade para 720kg de carga e 300km de autonomia são parte da meta de corte de emissões de carbono para 2025.

O volume de carbono a ser diminuído pela Via Varejo até lá ainda está em fase de estudo.

Por enquanto, dez veículos começaram a circular na capital paulista e o número dobrará ao longo dos próximos meses. Sérgio Leme, vice-presidente de operações da Via Varejo, comenta a medida que entra para complementar os atuais programas de logística reversa e economia circular do grupo.

“A partir desse ano, incorporamos as práticas com foco em ESG em nossa estratégia de negócio e seguimos com estudos constantes para a adoção de formatos mais sustentáveis em nossos modais logísticos, um dos principais emissores dentro da nossa operação.”

O executivo ressalta que a iniciativa dos veículos elétricos anda em paralelo ao uso de carros corporativos movidos a etanol e à inserção de tecnologia na otimização da gestão logística. “Nossas metas são ambiciosas e passam pelo aumento significativo do uso de energia limpa para o abastecimento de lojas, escritórios e centros de distribuição, além de ações com foco em economia circular, como a logística reversa de eletroeletrônicos e materiais recicláveis coletados em pedidos entregues”, conclui Leme.

Ambiente, social e governança

O programa de ESG da Via Varejo possui diversas frentes de atuação em relação ao meio ambiente, ao social e à governança.

Dentre os compromissos voltados ao meio ambiente estão a logística reversa com a triplicação do número de coletores de eletroeletrônicos descartados para um total de 400 nas lojas da Via Varejo e a contratação de usinas solares para energizar 57 filiais no Estado do Rio de Janeiro a partir deste ano. Além disso, a empresa tem aumentado a integração da malha logística para agilizar entregas e gerar menos emissões, enquanto também trabalha com 11 cooperativas envolvendo 250 famílias para reciclagem.

Para impactar a sociedade, a empresa está investindo em necessidades emergenciais em comunidades geradas pela pandemia e promovendo inclusão digital e financeira por meio do Banqi. Para simbolizar seu compromisso com a diversidade, a Via Varejo modificou o fenótipo do mascote das Casas Bahia e formalizou sua adesão ao Manifesto Seja Antirracista.

Em termos de governança, a empresa revisou seu código de ética para reforçar seu no combate à violência de gênero e ao assédio moral.

É mais um exemplo de como o ESG se torna cada vez mais importante no mercado.


+ Notícias

Unilever anuncia plano global de ESG para toda sua cadeia de valor

Por dentro do S da ESG: sua importância e como colocá-lo em prática

O papel das empresas em resgatar a confiança e engajar os consumidores no pós-pandemia






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS