Bayer cria iniciativa com startups para evitar perda e desperdício de alimentos

O projeto Food Loss Challenge traz uma chamada para startups com soluções para evitar perda de alimentos durante a cadeia agrícola

Foto: Shutterstock

Um dos desafios que se apresentam ao setor da agricultura é lidar com a perda de alimentos durante as fases da cadeia agrícola. Muitas vezes as perdas geram muitos prejuízos para as corporações e acabam por reduzir sua margem de lucro em virtude desse problema – sem contar a menor oferta para a populção. Foi pensando nisso que a Bayer, em conjunto com o Food Tech Hub Br, criou o Food Loss Challenge (Desafio da Perda de Alimentos), uma chamada para startups brasileiras e latino-americanas.

O desafio foi lançado durante o evento virtual Food Tech Expo e convoca startups que ofereçam soluções para evitar essas perdas para o setor de hortifruti. A ideia é que as startups apresentem soluções específicas para a primeira etapa da cadeia produtiva, na qual os alimentos saem do campo e vão para o armazenamento. Geralmente é nessa fase que ocorre a maior parte das perdas.

Perda e desperdício de alimentos

Apesar de a chamada focar na perda durante a fase em que os alimentos ainda estão sob posse das produtoras, a Bayer tem o objetivo de, por meio dessa ação, desenvolver também estratégias que evitem o desperdício de comida.

“O Food Loss Challenge reflete o movimento de inovação aberta da Bayer como um todo, especialmente em saúde e nutrição, já que seu grande objetivo é incentivar as startups a promoverem soluções para evitar o desperdício de alimentos. Esta é também uma das frentes do Life Hub da Bayer, que se propõe a encontrar soluções para alimentar mais pessoas”, destaca Caspar van Rijnbach, Líder de TI e de Transformação Digital da Bayer Brasil.

O Life Hub da Bayer, ao qual Rijnbach se refere, é um hub de inovação aberta inaugurado pela companhia no Brasil. Fica localizado em São Paulo e é por meio dele que empresa consegue acelerar soluções e processos inovadores.

A estratégia também contribui com a iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O projeto, que foi desenvolvido em 2015, prevê uma série de ações em todo o mundo para um mundo mais pautado pela sustentabilidade em 2030. Dentro disso, o Food Loss Challenge pretende integrar as ODS dentro da pauta do desperdício de alimentos.

“A iniciativa impacta diretamente também em questões de preservação do meio ambiente e da biodiversidade. Além disso, tem o impacto social, uma vez que esse alimento perdido não chega até a população”, explica Paulo Silveira, idealizador do FoodTech Hub Br.

Como participar?

Para participar da chamada, é necessário se inscrever no site oficial e preencher o cadastro até o dia 5 de agosto de 2021. O processo contará com quatro etapas: inscrição, início da qualificação das startups inscritas, seleção das finalistas e divulgação das finalistas selecionadas, essa última ocorrerá no dia 29 de setembro.


+ Notícias

Contra o desperdício, Carrefour vai vender alimentos “feios” em SP

Como o Google economizou 6 milhões ao evitar desperdício em seus cafés






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS