Grupo Carrefour compra Grupo BIG visando maior presença geográfica

Aquisição também visa aumento de rentabilidade, serviços financeiros, aceleração do e-commerce e aproveitamento da cadeia de suprimentos

O Grupo Carrefour Brasil anunciou nesta quarta-feira (24) que adquiriu o Grupo BIG por R$ 7 bilhões. De acordo com o grupo, a compra foi feita no intuito de estender a presença das marcas a regiões onde sua penetração é limitada, como o Nordeste e Sul do País, visando o potencial de crescimento locais.

Desta forma, nasce um grupo com vendas brutas de mais de R$ 100 bilhões e aproximadamente 137 mil funcionários, que espera enriquecer seu ecossistema de produtos e serviços. Atualmente, o Grupo Carrefour atende mais de 45 milhões de clientes. A aquisição do BIG adiciona mais de 15 milhões de clientes à sua base.

Além da expansão geográfica, o Carrefour amplia a diversificação de seus formatos para supermercados e soft discounts, uma vez que tradicionalmente atua no atacado e hipermercado. Além disso, ao agregar as 387 lojas e 41 mil funcionários do BIG, o grupo obtém também o Sam’s Club, clube de compras do grupo Walmart que tem mais de 2 milhões de membros e foco em produtos de marca própria.

Noël Prioux, CEO do Grupo Carrefour Brasil, enfatizou a importância da ampliação geográfica e de formatos para o crescimento do grupo pelos próximos três anos. “Juntos, nossa oferta será ainda mais atrativa, completa e competitiva, beneficiando o poder de compra dos consumidores brasileiros e adicionando milhões de clientes ao nosso ecossistema.”

Como parte da estratégia de expansão, o Carrefour planeja otimizar a rede de lojas com a conversão das unidades de atacado do BIG, as Maxxi, em Atacadão, além da conversão de parte das lojas BIG e BIG Bompreço para Atacadão ou Sam’s Club. As demais lojas serão convertidas para a bandeira de hipermercado Carrefour. Todas as lojas estarão no sistema omnicanal do grupo.

Dentre os resultados mais esperados, o Carrefour prevê ter ganhos relacionados a uma maior densidade de vendas e alinhamento de margens para aumentar a rentabilidade das lojas, obter receita e maior monetização do cliente por meio de serviços financeiros do Banco Carrefour, acelerar as ofertas digitais e também otimizar custos e despesas indiretas com maior eficiência da cadeia de suprimentos.

Digitalização

A aquisição do BIG contribui para a aceleração da estratégia de digitalização do Carrefour, uma vez que vai estender as ofertas do grupo a novos clientes e ampliar o engajamento com as marcas da rede.

“A ampla base de clientes do Grupo BIG fará parte do ecossistema do Carrefour Brasil e a companhia poderá ofertar a esses clientes a experiência completa de um ambiente omnicanal, agregando valor a sua jornada de compra por meio da oferta não só de produtos alimentares, mas também de não alimentares, medicamentos e combustíveis, tanto no ambiente físico quanto no digital”, enfatiza o Carrefour em comunicado ao mercado.

 


+ Notícias

Carrefour lança desafio de inovação em busca de embalagens sustentáveis

Parceria entre Nestlé e Carrefour aproxima o consumidor final da indústria

Iniciativas sustentáveis do Carrefour vão além da adesão ao programa Adote 1Parque






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 262: O consumidor é phygital

CM 261: O respeito ao cliente é o caminho para 2021

Anuário: A omnicanalidade em todo lugar

VEJA MAIS