Conheça as principais características do consumidor phygital

Aumento da digitalização durante a pandemia traz a necessidade de evoluir a experiência do consumidor em todos os canais

Foto: Douglas Luccena

Durante a pandemia o consumidor se tornou muito mais digital. Ao conhecer as características do on-line – conveniência, ganho de tempo, quantidade de informações -, gostou do que viu e agora deseja encontrá-las também no ambiente físico. Desse sentimento nasce o consumidor phygital.

Varejo, academias, saúde, bancos, construtoras, indústria, todos os segmentos, perceberam a necessidade de somar o look and feel à velocidade e à conveniência do digital. Para isso, as empresas precisam combinar tecnologias e metodologias que remodelem a jornada do cliente e criem momentos de pico em pontos determinados da jornada.

Mas, para desenhar uma jornada de experiência que integre físico e digital é preciso, antes de tudo, entender os sentimentos e os comportamentos do consumidor phygital. Eles foram elencados e explicado na matéria “A evolução da experiência: o consumidor é phygital”, publicada na edição de março da revista digital Consumidor Moderno. Clique na imagem abaixo e fique por dentro.






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS