Cursos online: dicas para escolher a opção que será mais vantajosa

Grande oferta de cursos pode tornar escolha difícil; é preciso ir ao encontro do que o mercado pede

A procura por cursos online aumentou desde o início da pandemia. Os frequentes períodos de isolamento social, as alterações na rotina de trabalho e o crescimento da competitividade, pressionada pelas demissões, impulsionaram as buscas por cursos e certificações para melhorar o currículo, adquirir ou lapidar habilidades e conhecimentos. Diante dessa nova demanda, como escolher o curso adequado às suas necessidades?

A aprendizagem contínua e o aprimoramento de habilidades, ou upskilling, é a ordem para vencer esse período desafiador que ameaça a vida e o ciclo econômico. Para isso, existem diversas possibilidades de cursos online que podem dar um upgrade no currículo e abrir portas para o mercado de trabalho.

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), em 2020, os cursos profissionalizantes digitais atingiram a marca de 1,3 milhão de estudantes. Eles são ofertados por universidades, empresas e institutos comprometidos em qualificar mão de obra para diferentes áreas de atuação.

Escolhendo uma entre as milhares de possibilidades

Atualmente, é possível encontrar cursos online dos temas mais comuns aos mais inusitados. São muitas opções com diferentes níveis de profundidade, carga horária e especificidades. Mas, com a vasta oferta, aumenta-se também a dificuldade de selecionar as melhores opções.

Portanto, é fundamental situar-se para encontrar o curso que mais se adequa às necessidades que você e o mercado demandam. É importante atentar-se para alguns fatores que devem ser observados antes de fazer a escolha pelo curso, a fim de evitar arrependimentos futuros:

1. Identificar diferenças de formato, acesso e preço

Os cursos variam bastante com relação à carga horária, material de apoio e interações com os professores. De acordo com o executivo Sergio Agudo, CEO da Curseria, plataforma de cursos online, é importante se atentar à grade de matérias, conteúdo que será disponibilizado e tempo de acesso permitido.

2. Estabelecer metas e objetivos prévios

Sergio Agudo ressalta a importância de o aluno estabelecer metas e identificar os objetivos que possui em relação à concretização do curso. Em seguida, o executivo orienta que o estudante conheça a dinâmica do curso escolhido e, baseado na proposta de ementa ofertada, observe as particularidades. Um exemplo disso é verificar se o curso é ministrado em aulas gravadas ou se existem datas pré-estabelecidas em que o aluno precisa estar logado.

Desta maneira, fica mais fácil se organizar e, inclusive, identificar se o próprio estudante tem disponibilidade para acompanhar o curso, evitando desistências por cansaço ou falta de tempo.

3. Avaliar o custo-benefício

Em relação a isso, o CEO da Curseria alerta os alunos para a importância de compreender o custo-benefício que determinado curso pode trazer para o desenvolvimento profissional e pessoal.

E, desta maneira, sugere que os estudantes sejam capazes de:

  • Identificar se existe material de apoio e a qualidade dele;
  • Observar se o curso online condiz com suas metas de curto, médio e longo prazo;
  • Pesquisar o nível de expertise dos professores em relação ao tema;
  • Buscar as avaliações e feedbacks de outros ex-alunos da instituição escolhida, para evitar surpresas desagradáveis.

4. Certificar-se de que o curso atinge a demanda do mercado

Já o especialista em capital humano e empregabilidade, Rogerio Bragherolli, complementa dizendo que antes de buscar um curso online que aprimore ou desenvolva novas habilidades, é válido saber se o curso está realmente aderente às expectativas da área de atuação.

“É importante verificar as tendências do mercado. Realizar pesquisas através de vagas de recrutamento para visualizar o que as empresas estão pedindo, e com isso ter uma ideia sobre quais as expectativas do mercado para o novo profissional”, orienta o especialista.

Desenvolvimento de habilidades para o mercado de trabalho

Ao escolher e fazer um curso online, além de aprimorar as capacidades, aumenta-se também a empregabilidade. Com um colaborador atualizado às necessidades do mercado de trabalho, há também a sua valorização na empresa.

Segundo Rogerio Bragherolli, os departamentos de recursos humanos mais modernos estão promovendo o upskilling como forma de reter talentos e desenvolver pessoas.

O upskilling é uma metodologia, usada no âmbito do trabalho, que promove constante aprimoramento ou upgrade de habilidades adquiridas que podem favorecer tanto os colaboradores quanto as empresas. “Nós podemos dizer que é uma maneira de aprimorar as competências já adquiridas, é uma evolução constante”, afirma Rogerio Bragherolli.

De acordo com o especialista em capital humano e empregabilidade, essa metodologia resulta em uma situação de ganha-ganha, win-win situation. Onde o indivíduo deve ser o principal responsável pelo desejo de aprimoramento, mas não o único.  Isso porque os RH modernos trabalham tal qual um maestro, que direcionam harmoniosamente colaboradores e empresa, para o aumento de competências e para o desenvolvimento de profissionais com qualificação adequada.

“As empresas que estão preocupadas em desenvolver as competências essenciais de seus profissionais, que querem fazer a potencialização do capital humano, são as companhias preocupadas com a sua sobrevivência. Pois, no final do dia, o que faz a diferença entre as empresas e seus concorrentes é a competência de seus colaboradores”, diz Rogerio Bragherolli.

A busca por cursos online não é apenas modismo ou reação ao maior tempo que as pessoas estão passando em casa, mas, sim, uma tendência no treinamento e desenvolvimento de pessoas.

Ao buscar um novo curso tenha em mente que sua escolha está amparada por um movimento que também interessa às empresas e empregadores. Caso você esteja empregado, discuta seus objetivos e expectativas com sua liderança ou com o setor de RH para otimizar sua escolha e render tantos frutos pessoais quanto para a organização.


+ Notícias 

Conheça 9 mini cursos para fazer em 2021 

Mulheres empreendedoras: curso gratuito da ONU aborda digitalização de negócios 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS