Amazon lança salão de beleza com realidade aumentada em Londres

Inovação é um exemplo de como a tecnologia pode revolucionar o mercado de estética

Foto: Amazon Oficial Blog

Como seria a interação com um salão de beleza no qual o principal objetivo é cuidar da aparência usando tecnologia? E se na hora de pintar o cabelo os clientes pudessem ver como ficaria o resultado antes de partir para a prática, por exemplo? Ou mesmo escolher cores de esmalte com realidade aumentada ao invés de imaginar como a cor ficaria em contraste com o tom de pele das clientes? Bem, a resposta a essas perguntas pode estar no Amazon Salon, o mais novo lançamento da Amazon e um novo passo em sua entrada no mercado de beleza.

Localizado em Londres, no Reino Unido, o salão foi desenvolvido para que a interação com os serviços fique ainda mais digital. De acordo com a companhia, a ideia é misturar novas tecnologias de mercado para incrementar a jornada do cliente em salões de beleza. Para isso, o local traz o uso de tablets com realidade aumentada (RA).

“Projetamos este salão para que os clientes pudessem experimentar algumas das melhores tecnologias, produtos para os cabelos e estilistas da indústria”, destaca John Boumphrey, gerente nacional da Amazon no Reino Unido, em comunicado à imprensa.

Um salão 100% tecnológico?

De fato, um dos grandes destaques do Amazon Salon está justamente no uso da realidade aumentada em conjunto com os serviços de beleza. Por meio dos tablets Fire, da Amazon, os clientes poderão escolher cortes e colorações de cabelo já sabendo como ficará o resultado.

Na prática, funciona de forma semelhante aos filtros em redes sociais, como Instagram, TikTok e Snapchat. É possível ver as modificações sobre o próprio rosto e corpo. A empresa destaca que o uso será feito tanto para o cabelo quanto para as unhas, para escolher colorações de esmalte.

Foto: Amazon oficial Blog

Mas nem tudo será feito por telas e robôs. Para incorporar o time, a Amazon contratou uma equipe de profissionais do Neville Hair & Beauty Salon, famoso salão que atua no Paris Fashion Week e no festival de cinema de Cannes.

Outra sensação mais phygital também inclui a testagem de produtos no salão e a compra dos mesmos em tempo real pelo e-commerce com a tecnologia “apontar e aprender”. No blog oficial da empresa, os criadores afirmam que os clientes poderão apontar para produtos em estantes virtuais e a tela exibirá informações sobre ele, além de abrir opções de compra dentro da plataforma da Amazon.

“Queremos que este local único nos aproxime mais dos clientes e seja um lugar onde possamos colaborar com a indústria e testar novas tecnologias”, explica Boumphrey.

Estrutura e propensões

Embora o salão tenha um grande potencial, a empresa ainda não fará outras unidades por enquanto. “Este será um local experimental onde apresentaremos novos produtos e tecnologia, e não há planos atuais para abrir qualquer outro local do Amazon Salon”, explica a companhia no blog da Amazon. No momento, o salão está aberto apenas para funcionários.

O Amazon Salon se consagra como segunda estrutura voltada ao mercado de beleza feito pela corporação. A primeira, a Amazon Professional Beauty Store, que também fica no Reino Unido, traz um catálogo online com mais de dez mil produtos diferentes para cuidados e beleza.


+ Notícias

 Competição acirrada! Amazon anuncia que fará entregas em menos de 24h

Estudo da Dove mostra que 84% das brasileiras usam filtros para mudar a própria imagem






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS