Problemas com compras online no Dia das Mães? Saiba como acionar o Procon

O comércio eletrônico deve ser a modalidade escolhida para a maioria dos consumidores; em caso de fraudes, produtos com defeitos ou necessidade de devolução, é possível acionar o Procon de cada estado sem sair de casa

Crédito: Unsplash

No próximo domingo (9), o Brasil terá o seu segundo Dia Das Mães em plena pandemia da Covid-19. Em um período atípico como o atual — que exige maiores cuidados para minimizar o risco de contágio— o comércio online deve ser novamente a modalidade escolhida pela maioria para a compra de presentes para as famílias, como já tem sido ao longo deste período de crise sanitária, em que o setor cresceu 52%, segundo levantamento da consultoria internacional BIP.

Como se trata de uma data em que a procura por compras online é alta, mais do que nunca é importante ficar atento a golpes e fraudes. É necessário, também, estar ciente dos direitos garantidos ao consumidor; afinal, certamente você já adquiriu um produto e, posteriormente, verificou que precisava realizar a troca ou devolução.

Em casos como esses, pode ser necessário abrir reclamações em órgãos que protegem os consumidores, como os Procons, que possuem atendimento online em todos os estados. Veja, abaixo, como realizar uma reclamação sem ter que sair de casa em cada estado.

Acre

O Procon – AC oferece atendimento online através do site (Clique Aqui) . Para abrir um chamado, basta clicar em “Atendimento” e dar seguimento aos procedimentos solicitados. Por e-mail, envie sua reclamação para procon.acre@ac.gov.br. Também há a possibilidade do atendimento presencial, e pelo telefone (68) 3223-7000

Alagoas

Em Alagoas, você pode fazer sua denúncia ou reclamação através do site do Procon – AL (Clique Aqui) ou presencialmente, nos endereços listados no link;

Amapá

O Procon – AP oferece um “Fale conosco” no site (Clique Aqui) , no qual você pode enviar denúncias, tirar dúvidas ou fazer reclamações;

Amazonas

No Amazonas, o Procon – AM oferece atendimento por meio do WhatsApp (92) 98842-3030; e através do site (Clique Aqui)

Bahia

O Procon-BA disponibiliza um formulário online para ser preenchido com sua solicitação (Clique Aqui), além do e-mail denuncia.procon@sjdhds.ba.gov.br e do aplicativo Procon BA Mobile;

Ceará

As denúncias e reclamações ao Procon – CE podem ser feitas através do site do Sindec (Clique aqui), no qual o usuário pode acompanhar também as solicitações feitas presencialmente;

Distrito Federal

O Procon – DF recebe solicitações ou reclamações através do site (Clique aqui). Lá, é possível, também, acompanhar o andamento de reclamações feitas presencialmente;

Espírito Santo

O consumidor pode relatar suas solicitações ou reclamações ao Procon – ES através do site (Clique aqui) na seção de atendimento online ou preenchendo o formulário disponível na internet;

Goiás

Você pode acessar o site da plataforma web do Procon – GO (Clique aqui)  para enviar sua solicitação, que pode também ser feita de forma anônima;

Maranhão

O Procon – MA (Clique aqui) recebe as denúncias e reclamações em seu site, além de permitir o agendamento online nas unidades de atendimento presencial listadas no link;

Mato Grosso

O Procon – MT informa em seu site (Clique aqui) que o consumidor precisa entrar no Portal do Consumidor para fazer o registro de sua solicitação online;

Mato Grosso do Sul

O Consumidor do MS que deseja enviar sua solicitação ou reclamação ao Procon – MS (Clique aqui) pode acessar o formulário online e fazer o registro;

Minas Gerais

Em Minas Gerais, é possível registrar as reclamações através do site do Procon – MG (Clique aqui), preenchendo o formulário online e manifestando sua solicitação;

Pará

O Procon – PA recebe denúncias e reclamações por WhatsApp, através do número (91) 99230-0151 ou pelo e-mail atendeprocon01@procon.pa.gov.br;

Paraíba

Na Paraíba, é possível enviar suas solicitações ao Procon – PB (Clique aqui) através de formulário online ou por WhatsApp: (83) 98618-833;

Paraná

O Procon – PR também conta com um formulário online (Clique aqui) . Basta o consumidor preencher com as informações para registrar sua reclamação;

Pernambuco

Em Pernambuco, você pode enviar suas reclamações ou solicitações para o Procon – PE por WhatsApp, através do número (81) 3181-7000 ou através do e-mail denuncia@procon.pe.gov.br;

Piauí

O atendimento no Procon – PI é feito através de WhatsApp, pelos números: (86) 9 8162-8247, (86) 9 8190-7983, (86) 9 8195-5177 e (86) 9 8122-4746 ou por e-mail, no qual você deve enviar sua solicitação: atendimentoprocon@mppi.mp.br;

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, o Procon – RJ registra as reclamações através do site online (Clique aqui) e realiza agendamentos via WhatsApp: (21) 99374-1505;

Rio Grande do Norte

O Procon – RN orienta que os consumidores façam suas reclamações através do Portal do Consumidor (Clique aqui);

Rio Grande do Sul

O Procon – RS oferece atendimento online através do seu site (Clique aqui), na seção “Serviços e informações”;

Rondônia

Em Rondônia, o consumidor pode acessar a plataforma de denúncias online, disponível no site do Procon – RO (Clique aqui)

Roraima

O Procon – RR recebe denúncias via WhatsApp e ligação, através do número (95) 98401-9465;

Santa Catarina

Em Santa Catarina, o consumidor pode acessar o cadastro de reclamações ou realizar a solicitação via Portal do Consumidor (Clique aqui);

São Paulo

Em São Paulo, o consumidor pode acessar o site de atendimento virtual (Clique aqui) para enviar sua solicitação ao Procon – SP, o que requer um cadastro feito no primeiro acesso;

Sergipe

O consumidor pode registrar sua reclamação ao Procon – SE ao acessar o site (Clique aqui), na seção “Reclamação online”;

Tocantins

O Procon – TO disponibiliza um site (Clique aqui) para reclamações online, no qual basta preencher o formulário e enviar as informações solicitadas.

Consumidor.gov.br

Além da possibilidade de abrir uma reclamação em cada estado, o consumidor que se sentir lesado pode recorrer ao Consumidor.gov.br, um serviço do governo federal que faz uma intermediação entre o usuário e as empresas participantes cadastradas no site (Clique aqui).

Caso a empresa faça parte do cadastro, o usuário tem 10 dias para obter resposta e 20 para informar se o problema foi ou não solucionado.

De acordo com informações do próprio serviço, é recomendado que você tente buscar a solução primeiro no portal e, em caso de insucesso, acione o Procon do seu estado.


+ Notícias

Bancos digitais: modernos, porém com desafios no relacionamento com o cliente

Conheça o novo decreto do SAC aprovado pelo conselho da Senacon






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS