Fusão entre norte-americanas reforça behaviorismo no marketing aplicado

Com a fusão, a Novae e a Clicksuasion se veem aptas a adotar estratégias no mundo phygital, digital ou ambos

Fonte: Unsplash

Ter os dados sobre o consumidor obviamente não é tudo. O conhecimento usado na interpretação das informações pode definir o sucesso ou o fracasso de uma abordagem. Há diferenças entre conhecer seu consumidor e conhecer o consumidor. O conhecimento sobre o seu cliente é subjetivo e tende a se amparar em impressões sobre um comportamento contextualizado. O conhecimento sobre o cliente é com base em acúmulo de pesquisas empíricas sobre comportamento a partir de reforçamentos. Em tempos líquidos em que tudo muda tão rápido, ler dados com abordagem behaviorista pode garantir a interpretação certeira do cliente e o primor do marketing aplicado.

Este é o entendimento de duas conhecidas agências de marketing e publicidade norte-americanas: a Novae Design Group e a Clicksuasion Labs, que juntas agora passam a fechar o ciclo entre pesquisa do consumidor e marketing aplicado. A partir dos ativos tecnológicos da Novae e das análises da Clicksuasion sobre o comportamento do cliente em uma perspectiva funcional e reacional, a fusão deve potencializar o marketing fluido na experiência de seus clientes.

“A experiência do Novae Design Group como agência de serviço completo de marketing e branding inclui, mas não se limita a projetos em arte gráfica, design gráfico, aprimoramento de site, desenvolvimento da jornada e marketing de busca. Ela também inclui geofencing (tecnologia de geolocalização), retargeting e direcionamento comportamental. Quando combinadas com a pesquisa científica comportamental da Clicksuasion, as iniciativas de marketing elaboradas no laboratório aplicam a psicologia aos pontos de decisão do consumidor”, explica o diretor de comportamento da Clicksuasion Labs, Dr. Michael Barbera, que foi keynote do Conarec 2020 e palestrou sobre o processo de persuasão dos consumidores.

A combinação dessas marcas reúne uma carteira global de clientes que inclui Microsoft, Harley-Davidson, Boeing, Lendlease e Southern Pines Brewing Company.

Mentes abertas na reabertura

Conforme as economias mais desenvolvidas avançam na vacinação, um mundo pós-pandemia começa a aparecer. A intersecção entre o físico e virtual, a experiência phygital, vem se consolidando ao passo que reabre oportunidades de se comercializar e propagar marcas. O marketing sensorial, por exemplo, tem tudo para voltar conforme as máscaras são deixadas de lado, ao mesmo tempo que o uso mais assertivo de dados a partir das interações sociais das marcas com os consumidores deve se manter.

Com a fusão, a Novae e a Clicksuasion se veem aptas a adotar estratégias no mundo phygital, digital ou ambos.

“Durante uma recente campanha de marketing e vendas em uma loja física de varejo de moda, a Clicksuasion colocou aromas de alvejante no sistema de aquecimento e resfriamento para dar ao consumidor uma sensação olfativa de limpeza percebida, o que contribuiu para um aumento no número total de vendas diárias e o valor do tíquete médio”, comenta Barbera. “Mas também tivemos recentemente uma marca de spa e salões de beleza que queria estreitar a relação com mães que tinham crianças em idade escolar. Focamos na geolocalização da área para os momentos em que as crianças eram deixadas nas escolas e aumentamos o número de agendamentos nos salões com anúncios digitais enviados enquanto elas estavam na fila para deixar as crianças”, conta.

 


+ Notícias

Consumidor Moderno e Circle Aceleradora fecham parceria para produção de conteúdo

Você no poder: eleja os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS