RaiaDrogasil anuncia agenda de ESG com metas para 2030

Corporação passa a centralizar esforços para que pessoas, negócios e planeta sejam mais saudáveis

Foto: Pexels

A sustentabilidade já está na mira das grandes empresas do Brasil, uma forma de unir a sobrevivência no mercado com a contribuição à redução de lixo e poluentes para o planeta. Cada vez mais as companhias anunciam objetivos dentro da pauta de ESG, como foi o caso da RaiaDrogasil, que apresentou nessa terça-feira (18) oito objetivos e 35 compromissos de sustentabilidade para 2030.

Entre os objetivos, a companhia destaca cuidados comunitários e com a equipe interna, tais como cuidar da saúde dos funcionários, promover hábitos saudáveis entre os clientes da RaiaDrogasil (RD), promover saúde integral nas comunidades, incluir e empoderar funcionários por meio da promoção da diversidade, ampliar oportunidades de desenvolvimento pessoal dos funcionários, promover empoderamento e diversidade entre os fornecedores, potencializar a economia circular na cadeira de valor da empresa e contribuir com a neutralidade global de carbono.

“O caminho rumo à sustentabilidade vem sendo trilhado em toda a nossa história e está profundamente integrado ao nosso propósito e à estratégia de negócios da empresa, de evoluir para atuar como agente transformador da saúde e como promotor de hábitos mais saudáveis”, explica Marcílio Pousada, presidente da RaiaDrogasil.

Pessoas mais saudáveis

Para desenvolver os 35 compromissos até 2030, a RD desenhou um amplo trabalho de escuta com funcionários e stakeholders, a partir do objetivo de melhorar a vida das pessoas, que se dividiu em três pilares principais: Pessoas, Negócios e Planeta mais Saudáveis.

Quanto ao pilar das Pessoas, a RD tem como objetivo tornar 50 milhões de brasileiros mais saudáveis por meio do cuidado da saúde dos funcionários, da comunidade e promoção de hábitos saudáveis dos clientes da rede. A ideia, para os colaboradores, é trazer um cuidado integral dentro de um ambiente de trabalho mais saudável.

Já para clientes, haverá uma ampliação da oferta de produtos saudáveis nas lojas e canais da RD, além de cartilhas com informações e profissionais habilitados na área de prevenção e qualidade de vida. A ideia é transformar a Droga Raia e a Drogasil em hubs de saúde, com uma grande variedade de procedimentos.

Para reforçar o papel social da empresa, a RD atuará nas comunidades com doações a entidades que tenham foco na ampliação de serviços de saúde.

“Com essa jornada, estamos dando um grande passo em nossa meta principal de nos tornar, até 2030, a empresa que mais contribuiu para uma sociedade saudável no Brasil”, completa Pousada.

Investimento na agenda ESG

De forma a garantir um planeta mais saudável, a RD também contribuirá para reduzir a emissão de gás carbônico, com o objetivo de se tornar uma empresa Net Zero e Aterro Zero até 2030. Assim sendo, a RD pretende zerar a emissão líquida de gases causadores do efeito estufa e destinar ao máximo 10% dos resíduos gerados em suas operações para aterros ou incineração.

Ainda que o foco da empresa na redução de gases tóxicos e poluentes não seja novo — a RD dedicou-se a organizar um processo de melhoria desde 2019 —, o anúncio traz uma meta desafiadora. Ao longo do ano de 2020, a empresa destinou de forma adequada 7 mil toneladas de resíduos, com base em sua classificação, além de ter 202 lojas da rede abastecidas por usinas de geração distribuída.

Em 2021, a companhia tem como compromisso chegar a 1.731 lojas abastecidas por essas usinas. “Estamos trabalhando em linha com o conceito ESG de práticas ambientais, sociais e de governança, colocando a sustentabilidade no centro do nosso negócio”, destaca Marcílio Pousada.

Um ambiente de trabalho mais saudável e diverso

Com o objetivo de promover um melhor ambiente de trabalho, a RD também anunciou que investirá em diversidade: aumentará a contratação de mulheres, negros, pessoas com deficiência e pessoas com mais de 50 anos em todas as operações. Para reconhecer quem já trabalha na companhia, a empresa também fará um censo.

Com mais de 45 mil colaboradores, a corporação também pretende investir em cursos de formação, treinamento e desenvolvimento, como ocorreu no Programa Trilhar, que formou 100% dos gerentes de farmácias da companhia. O mesmo será feito para aumentar o empoderamento dos fornecedores.


+ Notícias

Em guinada ao digital, Raia Drogasil anuncia marketplace de saúde e compra de startup

Raia Drogasil compra a Onofre e tira CVS do Brasil






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS